Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Equipa B

Duas derrotas fora de casa consecutivas, ambas por 0-1, tornaram muito difícil a subida de divisão do Sporting B. O mais certo é a repetição da situação da época passada, ou seja, a luta numa série própria por não descer.

Se contra o Caldas o árbitro teve uma actuação "à maneira", expulsando Muniz com dois amarelos quase consecutivos a meio do primeiro tempo e com o jogo empatado, ontem a equipa apenas se pode queixar de si própria. O adversário foi superior em tudo e só a magnífica noite do guarda-redes que substituiu Callai evitou a goleada.

O Sporting B alinhou num 4-3-3 de "peito aberto" com:

Diogo Pinto (19); Leonardo Barroso (19), Chico Lamba (20), Pedro Alves (18) e Pedro Bondo (19); Diogo Abreu (21), Marco Cruz (19) e Miguel Menino (21); Mamede (21), Rafael Nel (18) e Diogo Moreira (18).

Entraram depois Diogo Cabral (20), Mauro Couto (18), Rodrigo Ribeiro (18) e Vando Félix (21) que pouco ou nada puderam fazer para inverter a situação.

 

Este onze foi facilmente ultrapassado pelo Alverca através duma marcação feroz permitida pelo árbitro e dum futebol directo para os avançados que foi pondo a nu as deficiências defensivas da nossa equipa no eixo central. Enquanto isso os nossos avançados, que se agarravam demasiado à bola, eram invariavelmente encurralados e desarmados junto as linhas laterais. Nos 90 minutos rematámos uma vez com perigo, um grande remate de longe do Menino esbarrou no poste mais distante.

No final Filipe Çellikaya veio falar em "aprendizagem muito dura" e queixar-se com razão do jogo duro permitido pelo árbitro, que permitiu já para o final entradas no limite do vermelho como a que terá lesionado o Barroso.

 

Mas de que aprendizagem é que o nosso técnico está a falar?

Obviamente que jogadores com a idade e o físico dos nossos terão sempre dificuldade em competir numa Liga 3 com adversários mais velhos, mais pesados e com árbitros sem contemplações para os mais fracos fisicamente. Para subir de divisão a equipa teria de contar com dois ou três reforços vindos da A, altos e fortes, como o Neto, o Essugo e o Paulinho por exemplo, e mesmo assim não seria nada fácil.

Mas partindo do princípio que a subida de divisão não é essencial para a estratégia do Sporting, e a Liga 3 é o palco de evolução indicado para jogadores de 18-21 anos, a grande questão é outra:

Porque é que não joga a equipa B no mesmo modelo de jogo da principal? Porque é que Marco Cruz e Diogo Abreu não jogam lado a lado como médios-centro, com Menino como alternativa a um deles, e entra mais um defesa central para permitir que Barroso e Bondo (jogadores baixos e rápidos) tenham outra presença nas alas e aproximação a Mamede e Moreira?

Não é preciso ter um curso de treinador para perceber que o Chico Lamba é dado ao disparate e desestabiliza qualquer um que jogue ao lado, que apenas três jogadores altos na equipa é muito pouco, que Marco Cruz defende melhor que Diogo Abreu, ainda mais vindo de paragem, é canhoto e foi jogar como médio direito.

 

Era essa a questão que gostava que Çellikaya ou Rúben Amorim respondessem.

Já agora outra: porque é que quem joga melhor na B não vai à A, e quem vem da A joga tão mal na B? No caso refiro-me ao Afonso Moreira, ao Rodrigo Ribeiro e ao Chico Lamba.

SL

17 comentários

Comentar post

{ Blogue fundado em 2012. }

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D