Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Eles

depositphotos_150350008-stock-video-mysterious-hoo

 

Diziam «amar» o clube mas recebiam vantagens financeiras que permitiam a alguns deles viver à grande em troca desse «amor».

 

Chamavam «apoio» às ameaças de morte, aos empurrões, às agressões verbais e físicas.

 

Costumam andar encapuzados e escondem-se atrás de pseudónimos nas redes sociais, como se tivessem vergonha sabe-se lá de quê.

 

Torcem pelas derrotas, não pelas vitórias. Só aparecem à luz do dia quando há um fracasso.

 

No estádio e no pavilhão, fazem coro com os adversários nos assobios e até nos insultos à própria equipa.

 

Chamam «traidores» a quem joga de emblema leonino ao peito e atravessam o País espalhando faixas contra o presidente, para gozo de todos os rivais.

 

Idolatram não os jogadores, mas um antigo dirigente, vivendo em permanente orfandade. Deve ser caso único no mundo do futebol.

 

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 11.12.2019

    Carissimo Anónimo (espero que consiga ler, porque pela lógica apresentada - "foi ele que começou" - deve ter por volta dos 5 anos de idade):
    Então a culpa é do Petrovic? Querem ver que os "anónimos adeptos" iam em passeio, cumprimentar os jogadores, e ao ouvir o Petrovic, valentão, revoltaram-se? Deve ter sido isso...
    Quando entrar na escola primária, aprender a ler e deixar de ser criancinha e cobarde, e aprender a assinar com o nome, pode responder-me. Até lá, ganhe juizo.

    Já agora, de si "SL" não deve querer dizer Saudações Leoninas. Um Leão não se esconde, como você. Será que quer dizer, "sou limitado"?

    Pedro Batista

    PS- caro Pedro Correia, hoje estou sem paciencia para ler ests comentários anónimos totalmente despropositados. Peço desculpa pelo incómodo.
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D