Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

É assim que eu gosto de ver o Sporting

O Sporting venceu - e convenceu - o Utrecht, clube da primeira divisão holandesa prestes a iniciar o campeonato. E não venceu - nem convenceu - de qualquer maneira: fê-lo com um onze-base dominado pela nossa formação. Foram, aliás, jogadores saídos da Academia de Alcochete aqueles que mais se distinguiram em campo: Eric Dier, Cédric, André Martins, João Mário e Adrien (é um acto de lesa-futebol continuar a vê-lo fora da selecção nacional), além de William Carvalho, recém-regressado de férias por ter participado no Mundial.

São factos que nos devem encher de satisfação, até por contrariarem as teses catastrofistas que já circulavam por aí, da boca de alguns comentadores anti-leoninos e respectiva legião de apoio na tribo dos jarretas, com muitos ais e lamentos devido à pretensa marginalização a que estariam a ser sujeitos os jogadores da nossa cantera. Não estão, como se vê: lá terão as tais vozes ululantes de arranjar outro pretexto qualquer para criticarem os responsáveis desportivos do Sporting.

 

Por outro lado estes jogos da pré-época têm permitido concluir que Marco Silva não pretende operar nenhuma revolução no sistema de jogo, mas apenas adaptações, nomeadamente ao fazer avançar André Martins no terreno, o que está a produzir bons frutos. Também não parece estar nenhuma revolução em curso ao nível dos titulares da equipa.

São decisões inteligentes do técnico contratado ao Estoril: a boa prestação do Sporting na época passada desaconselhava grandes transformações. Leonardo Jardim fez bom trabalho, há apenas que dar continuidade ao que vem de trás, reforçando-o. Sem rupturas, sem cortes radicais, sem a habitual tendência tão portuguesa de começar tudo do zero cada vez que se muda de protagonista de algum projecto.

É assim que eu gosto de ver o Sporting neste arranque dos trabalho para uma época em que todos queremos conquistar troféus.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D