Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

De estagiário a milionário

rubenamorim5[1].jpg

 

Nunca um clube português tinha pago um valor tão exorbitante por um treinador. Este recorde acaba de ser batido pelo Sporting ainda gerido por Frederico Varandas, ao contratar um dos melhores amigos do ainda director desportivo Hugo Viana pela módica quantia de 10 milhões de euros (acrescidos de 2 milhões em IVA mais 155 mil euros no pagamento de juros já acordado com o Braga mais os salários dos dois novos componentes da equipa técnica e mais cerca de três milhões de euros em vencimento anual ao sucessor de Silas até 2023).

Rúben Amorim é, desde agora, o técnico adquirido pelo terceiro preço mais elevado no futebol mundial. Apenas superado por André Villas-Boas, que o Chelsea contratou em 2011 ao FC Porto por 15 milhões, e pelo irlandês Brendan Rodgers, contratado há um ano pelo Leicester ao Celtic por 10,5 milhões. Com uma assinalável diferença: os outros dois já eram nomes consagrados, enquanto treinadores, quando essas transferências aconteceram - e o português acabara de conquistar uma Liga Europa ao serviço da equipa portista.

É também a segunda mais cara aquisição de sempre do nosso clube. Ficando só abaixo dos 11,8 milhões pagos no início da época 2016/2017 para trazer Bas Dost, com o ponta-de-lança holandês a corresponder por inteiro às expectativas: marcou 93 golos em 127 jogos oficiais pelo Sporting. Como sabemos, Dost acabou por ser despachado por apenas sete milhões, em Agosto passado, alegadamente por não haver liquidez suficiente na SAD para lhe pagar o salário.

Com a agravante, em tudo isto, de acabarmos por financiar um rival directo. Que a cada época vem concorrendo connosco para um lugar no acesso às competições europeias.

Ontem, ao confirmar a troca de um treinador sportinguista de nível 3 por um técnico «benfiquista fanático» de nível 2, que assim passa de estagiário a milionário, o médico Frederico Varandas assinou a sua certidão de óbito como presidente do Sporting.

 

P. S. - Não contente com a chuva de milhões que Varandas acaba de lhe injectar, o presidente do Braga não perde uma oportunidade para atacar o Sporting.

72 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D