Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Cu para duas cadeiras

cader.jpeg

Penso que a expressão acima foi do húngaro judeu Béla Guttmann, aquele treinador do Benfica dos anos 60 da célebre maldição, de que "nem nos próximos cem anos" aquele clube voltaria a ganhar títulos europeus. E já não falta muito para isso.

O maior problema do Sporting nos últimos anos talvez seja mesmo esse, não ter cu para duas cadeiras, capacidade para na mesma época conseguir bons desempenhos nas Ligas Europeias e nas competições internas.

Vejamos o que aconteceu nos últimos dez anos comparando o que aconteceu na Champions com a posição final na Liga interna :

 

2013/2014, Leonardo Jardim - Sem Champions, 2.º na Liga

2014/2015, Marco Silva - 3.º lugar no grupo Champions + 1 eliminatória Liga Europa, 3.º na Liga

2015/2016, Jorge Jesus - Sem Champions, 2.º na Liga

2016/2017, Jorge Jesus - 4.º lugar no grupo Champions, 3.º na Liga

2017/2018, Jorge Jesus - 3.º lugar no grupo Champions + 3 eliminatórias Liga Europa, 3.º na Liga

2018/2019, Peseiro/Keizer - Sem Champions, 3.º na Liga

2019/2020, Keizer/Silas/Rúben Amorim - Sem Champions, 4.º na Liga

2020/2021, Rúben Amorim -  Sem Champions, 1.º na Liga

2021/2022, Rúben Amorim - 2.º lugar no Grupo Champions + 1 eliminatória Champions, 2.º na Liga

2022/2023, Rúben Amorim -  3.º Lugar no Grupo Champions + 3 eliminatórias Liga Europa, 4.º(?) na Liga

 

Resumindo, das quatro vezes nos últimos dez anos que ficámos em 1.º ou 2.º na Liga apenas com Rúben Amorim estivemos na Champions. Mais atrás no tempo, Paulo Bento conseguiu 2.º na Liga disputando a Champions, em três anos consecutivos, 2006/2007, 2007/2008 e 2008/2009, mas o Benfica não tinha o poderio no campo que tem hoje, chegando a ficar em 4.º lugar atrás do V. Guimarães.

 

No que respeita a esta época, que para mim está longe de se poder considerar fracassada ou deprimente como querem alguns, seria interessante analisar o resultado dos jogos dois ou três dias depois dos jogos pela Champions. 

Eintracht F - Vitória 

Tottenham C - Derrota (Boavista)

Marselha F - Vitória

Marselha C - Derrota (Varzim)

Tottenham F - Derrota (Arouca)

Eintracht C - Vitória 

Midtjylland C - Vitória

Midtjylland F - Vitória

Arsenal C - Vitória

Arsenal F - Vitória

Juventus F - Empate (Arouca)

Juventus C - Vitória

Resumindo: foram três derrotas e um empate contra equipas menores em jogos imediatamente a seguir aos jogos da Champions.

Foram sete pontos perdidos na Liga, o que nos colocaria em vantagem relativamente ao Sp.Braga, que não vai à Champions, saiu esta época da Liga Europa com uma cabazada sofrida com a Fiorentina (0-4 em casa, 2-3 em Florença) e nos jogos com eles o Sporting conseguiu 2V e 1E, 13-3 em golos. 

 

Disputar a Champions dum ano e conquistar um lugar na Liga que permita assegurar que estamos lá na época seguinte é essencial para o futuro do Sporting. Por isso, assegurar o acesso para a época seguinte será sempre o principal objectivo da época. Tudo o que possa ocorrer de melhor, óptimo.

Mas como é possível atingir esse objectivo época a época?  Através de plantéis mais adultos e extensos, que possam incluir alguns "Netos" que, não sendo titulares na Champions, possam ajudar a resolver os jogos subsequentes, em vez de obrigar o treinador a recorrer aos titulares mais esgotados ou atirar às feras os mais novos.

 

PS: O melhor exemplo duma época deprimente com Champions é o de 2016/2017. Reforços foram BetoDouglasPetrovicMeliEliasMarkovicAndréCastaignosCampbellAlan Ruiz e Bas Dost, e apenas Bas Dost triunfou. Deprimente desportivamente e deprimente pela guerra aberta que o presidente da altura resolveu travar com treinador e plantel, com o episódio lamentável ocorrido no balneário de Chaves, que conheceu o clímax na época seguinte e lhe custou a presidência. Nada disso aconteceu esta época, nem o falhanço quase completo dos reforços, nem qualquer guerra entre presidente e treinador e plantel. 

SL

15 comentários

Comentar post

{ Blogue fundado em 2012. }

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D