Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Crónica de um fracasso anunciado...

As últimas exibições já deixavam antever o descalabro. A defesa do Sporting é sofrível, falar em defender e mencionar alguns jogadores do quarteto leonino na mesma frase, é um exercício e tanto, sem querer citar nomes para não colocar em causa o valor dos activos, ainda que para me referir aos defesas do Sporting seria mais correcto escrever passivos, a verdade é que hoje ficou à vista que há jogadores que não têm categoria para jogar numa equipa que se diz candidata ao título. Fui alertando ao longo do último mês para o excesso de jogos que as principais unidades do Sporting estavam a acumular, provocando um desgaste físico excessivo, mas foi a aposta dos responsáveis, ganhou-se o troféu Lucílio Baptista, perdeu-se o campeonato.

Todos sabemos que o plantel é curto, Acuña e Mathieu fizeram uma falta tremenda, Marcel Keizer tem ultimamente feito escolhas no mínimo controversas, hoje no início da 2ª parte decidiu desequilibrar a favor do Benfica, retirando Nani para colocar Diaby que foi uma vez mais inofensivo. Finalmente Jovane voltou a ser opção, pela forma como o jogo estava a decorrer, entrou pelo menos com 15 minutos de atraso.

Não fui entusiasta do despedimento de José Peseiro, tal como não peço no imediato a saída de Marcel Keizer, por princípio sou contra chicotadas psicológicas, porque são mais as vezes que se perde do que se ganha. Se é verdade que o futebol de Peseiro não entusiasmava, também há que admitir que íamos somando pontos, a chegada de Keizer trouxe um futebol entusiasmante que rapidamente se esfumou, hoje temos uma equipa, talvez seja exagero chamar o que temos de equipa, mas um grupo de jogadores que se arrastam penosamente no campo, cansados, sem imaginação. Alguns porque têm classe conseguem disfarçar o mau momento, mas outros, não há outra forma para o dizer, não têm valor para jogar no Sporting.

Mesmo sabendo o ponto de partida, o trágico final de época que vivemos, a atípica pré-época, o Sporting está hoje mais longe dos três primeiros classificados, veremos se a perda anímica dá pelo menos para manter o 4º lugar, o que não é de forma alguma garantido caso se mantenha este paupérrimo nível exibicional, agravado com algumas opções no mínimo duvidosas de Marcel Keizer, que hoje viu justificadamente lenços brancos em Alvalade. Os sportinguistas querem mais, não é aceitável assistir impávida e serenamente a tão miserável exibição, muito menos que esta vergonha se volte a repetir.

Fica aqui um alerta para Frederico Varandas e responsáveis pelo futebol, se as opções de afastar Miguel Luís, por sinal o melhor em campo na última partida que disputou, Jovane Cabral que só foi utilizado hoje quando o desespero já havia tomado conta da equipa, têm algo a ver com empresários, então estamos mal, porque o clube foi lesado ao hipotecarem não só a conquista do campeonato, como também qualquer possibilidade de lutar pelo acesso à champions e mesmo a ida à Liga Europa está hoje muito longe de ser um dado adquirido. Quando temos um problema, urge resolve-lo, antes que os lenços brancos não sejam apenas dirigidos para o banco de suplentes, o que seria uma pena, pois se há algo que não queremos é reviver o triste passado recente. Mas não é possível pedirem-nos paciência quando assistimos a exibições tão miseráveis como Tondela, Setúbal e agora completamente enxovalhados pelo eterno rival na nossa casa, que hoje até poderia ter goleado.

Bem sei que vão dizer que precisamos levantar a cabeça, mas outra coisa não aceito que seja ir à casa do adversário com uma atitude completamente diferente, Marcel Keizer que deixe de lado algumas opções por jogadores medíocres e coloque a equipa a jogar futebol, das duas uma, ou ganham uma equipa ou perdem os adeptos.

8 comentários

  • Imagem de perfil

    António de Almeida 03.02.2019

    Não adivinho o futuro, por enquanto confio em Frederico Varandas, no final do mandato, quando for tempo de balanço, logo vejo. Quanto a BdC, sem dúvida que votarei pela expulsão, como votei pela suspensão, não quero o Sporting transformado num gang de rufias. Se critico o presente, não é por saudade do passado recente de triste memória, muito do que estamos a viver é consequência da época passada. É bom que o dia da infâmia em Alcochete não seja esquecido, muito menos branqueado...
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 03.02.2019

    Ó António, diga-me qual a diferença de um post depois de um jogo, ou uma entrevista antes a dizer que o plantel éde qualidade reduzida e que estes não são jogadores do treinador? Foi para motivar?
    Quanto a Alcochete, parece-me que se está a antecipar a justiça. Ao que tudo indica esse dia tem tanto a ver com BdC como comigo ou consigo.
    Eu sei que muitos como o António não querem, fala grosso demais, e isso para si é que conta, mamar 4 dos toupeirinhas já isso é irrelevante.
    David Croquette
  • Imagem de perfil

    António de Almeida 03.02.2019

    Não me estou a antecipar à Justiça, porque não culpei BdC de planear o ataque, mas afirmo sem dúvida alguma que a leviandade da sua presidência, criou possibilidade para que o impensável acontecesse, isto no mínimo. Mas não foi só por isso que BdC não serve para presidir ao Sporting, é preciso lembrar-lhe todo o comportamento errático? O apego ao poder, que o próprio hoje reconhece ter sido um erro estratégico? A chantagem aos sócios? Vejo com frequência compararem BdC a João Rocha, só por ignorância ou má-fé a comparação é possível, eu vivi os tempos de João Rocha. E cedi o meu tempo numa AG a João Rocha, contribuindo modestamente para que o antigo e saudoso presidente terminasse com uma proposta de Jorge Gonçalves, outro populista, que era "um sócio, um voto", precisamente o que vejo tantos órfãos defenderem. Eu que na altura até só tinha 4 votos (na altura era um voto por sócio, mais três votos por cada dez anos de associado). Nem chegámos a votar a proposta, porque João Rocha subiu à tribuna, usou o tempo de vários sócios e virou a AG. Dá-me vontade de rir quando pretendem compará-lo ao guru do Facebook.
    Dito isto, embora neste momento apoie Frederico Varandas, não significa que vote nele nas próximas eleições. Também não coloquei em causa as eleições de BdC, enquanto sócio apenas apelei a que os sócios não cedessem à chantagem que se demitia caso as alterações estatutárias fossem aprovadas.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 03.02.2019

    Eu não o comparo com o JR, comparo-o com os seus antecessores, sobretudo com os da linhagem divina do clube, e de olhos fechados assino nele de cruz.
    O apego ao poder foi que o levou a cometer esse terrível crime de violar os estatutos, acabando com a suspensão. Mas esse apego ao poder foi entre outros apetos, para evitar esta situação que vivemos agora, uma equipa construída às 3 pancadas com as insuficiências que se conhecem, foi para efetuar o EO que quase não ia tendo sucesso, foi pela reeestruturação, e meus amigos, quanto às rescisões, o Sporting não ia ficar prejudicado como foi pelas negociatas da CG em que ganharam todos, jogadores, empresários e clubes que os receberam, perdeu o Sporing em toda a linha.
    Mas a pressão na cs era tanta, que manipulou ideias e ideais, no fim foi isso que quiseram, então não se queixem. Voltamos para trás, e de que maneira, é um facto, mas para uma boa elite sportinguista da qual não faço parte, o que interessa não é trabalhar de mangas arregaçadas, é ter a gravata no lugar.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 04.02.2019

    Compara-o com os antecessores? Então vamos lá, fomos campeões com José Roquette e Dias da Cunha. Ficámos praticamente sempre à frente do rival da 2ª circular com Soares Franco e Eduardo Bettencourt. A coisa só descambou no final do mandato deste e Godinho Lopes era de facto muito mau, algo que toda a gente sabia desde os tempos da Expo... (que nada tem a ver com o clube, mas diz muito sobre o antigo presidente).
    Comparar os primeiros anos de BdC com Godinho Lopes e com Bettencourt, de facto é incomparável. Mas depois veio o deslumbramento e com ele o suicídio, não foram os sócios os culpados, foi mesmo o próprio, quer que o relembre? Chantagem sob a ameaça, votam como eu quero ou demito-me. Tentativa de censura, não leiam jornais nem prestem atenção à comunicação social. A perseguição interna, quem não aclamava o napoleãozinho era sportingado. Sim, os desabafos no Facebook dos quais estávamos fartos. Poderia ter interpretado os sinais na célebre volta olímpica, mas perdeu as estribeiras uma vez mais e perdeu definitivamente os sócios.
    O que possa ter feito de bom num primeiro momento, não apaga o que de mau fez depois. Ser contra BdC não significa ser indefectível da actual direcção e já agora, nem o contrário. Felizmente que o mundo não é apenas preto ou branco...
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 04.02.2019

    Portanto estamos a falar de 2 campeonatos em 37. Estamos a falar do Projeto Roquette e do delapidar do património do clube? Do Santana Lopes e da extinção de modalidades? Do bettancourt que assinou as vmoc num dia e demitiu-se no dia seguinte? Do godinho (Deus me livre) que deixou o clube esse sim na falência? Franco, sim o menos mau.
    Comparamos segundos lugares? Quando sabemos que em 2013 não havia dinheiro para regar os relvados, praticamente sem ativos ativos pois na maioria dos passes dos jogadores pouca era a % que nos pertenciam, nem dinheiro para pagar rescisões a Peseiros e Keiseres e neste quadro em 5 anos só não ganhamos 2 campeonatos por causa da evidente corrupção que mina o campeonato português e o país já agora.
    E usando palavras suas, embora alguns tentem, incluindo aqui no blogue, o que possa ter feito de mau em 3/4 meses, não apaga o muito que fez de bom em 5 anos. Já vi que no seu caso olha sempre para o copo meio vazio
    David Croquette
  • Imagem de perfil

    António de Almeida 04.02.2019

    O caríssimo foi quem começou as comparações, porque para vocês BdC é um Deus, antes do qual nada existia e sem o vosso ídolo nem concebem que o Sporting possa continuar a existir. BdC poderia ainda ser presidente do Sporting, mas foi ele quem deitou tudo a perder, os sócios viram-se obrigados a destituí-lo, não existiu qualquer golpada, existiu sim a perda de lucidez, da razão por parte do anterior presidente e não poderíamos permitir que continuasse. É assim tão difícil de perceber? Ou entendem que um clube deve ser dirigido por gratidão? Porque em Junho o homem nem a própria vida era capaz de conduzir, quanto mais o Sporting...
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D