Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Cortesias = Cortesãs?

Venha o diabo e escolha.

Já vi tantas contas feitas em tanto blogue, em tanto programa de televisão, que confesso andar completamente baralhado.

Estava tentado a ir à Catedral da Cerveja, mas depois do aviso do Luciano Amaral, limitei-me a consultar o cardápio e realmente aquilo não é muito caro. Mas a ver pelas críticas de utilizadores na maioria dos sites da especialidade, até parece que o aviso chegou em tempo útil. Do cardápio destaco uma falha enorme: Não tiram proveito do galináceo; Um prato de águia estufada teria imensa saída, certamente e talvez me conquistasse.

Também fui ao Museu da Cerveja, o único restaurante que conheço onde se paga para entrar (tá bem, eu admito que sou um teso e que não frequento restaurantes onde se paga para entrar); Obviamente fiquei à porta. Mas consultei o menu (isto em franciú fica com muito mais sainete) e verifiquei que o bife está pela hora da morte! Se eu fosse maldizente, diria que o bife no Museu da Cerveja está ao preço duma bifa (isto a acreditar nos classificados do CM, que fiz questão de pesquisar, para não me chamarem a mim o mesmo que chamam ao presidente do Sporting), o que me levou, já que fica mesmo no estádio José de Alvalade ( e não Alvalade XXI, ou mesmo AlvaLidl, como muitos lhe chamam) a ir, precisamente ao Lidl procurar uma alternativa (não, não confundir com alternadeira). Isso mesmo, adivinharam: fui ver o preço do café com leite e dos chocolates e da fruta. Devo já dizer-vos que a fruta do Lidl, apesar de ter muito boa qualidade, é daquela toda padronizada, calibrada, tipo de aviário (ups!) e não é assim tãooooooooo barata! Os chocolates são muito agradáveis, tem um preto, de culinária (não confundir com um preto de culinária, sefáxavor) que é excelente, nem faz doer os dentes nem nada, digo-vos, muito bom, vão por mim!

Já me entusiasmei, que nem falei do café com leite. Também tem. Umas garrafinhas, copianço das da UCAL, bastante em conta e munta bom!

Ora muito bem, eu também fiz contas, é a novidade que vos quero dar em primeira mão e cheguei à conclusão que anda tudo a fazer um banzé completamente escusado.

Olhem, como não aceitei a sugestão de ir a qualquer dos tascos lá de cima (eu até acredito que quem sugeriu foi bem intencionado, não me levem a mal), fiquei-me por um preguinho e uma imperial no Cais do Sodré. E como o Cais do Sodré já não é o que era, nem sinal de bifa!

Noite estragada, fui para casa mais cedo e até aproveitei para rever um antigo filme de terror recomendado por Pedro Correia.

Como o prego foi curto e me estava aqui um ratito a dar na boca do estômago, lá pelas duas da manhã lembrei-me do café com leite e olha, marchou que nem ginjas, acompanhado do chocolatinho e rematado com uma maçã granny smith (tem uma cor verde linda, é sumarenta e muito pouco calórica, experimentem).

A porra do filme tirou-me o sono (culpa do tamanho das orelhas do morcego, que eram maiores que os caninos que não tinham sido inscritos na data certa na liga dos vampiros, ou outra coisa, sei lá, o gajo entrou-me pela sala dentro sem eu o convidar, qué que querem???) e dei comigo a fazer contas. De rijo, como se diz na minha terra (quer dizer em voz alta, para os forasteiros): Um prego e uma imperial, 4,00€; Um chocolate, uma garrafinha de 2,5dl de café com leite, uma maçã granny smith, 2,98€, portanto um total de 6,98€. Oh, Oh! muito abaixo do que a minha mulher me autoriza a gastar em extravagâncias, que são, se quiserem saber, 18,30€!

Sim e depois? Claro que eu sei que podia gastar os dezoito euros e trinta cêntimos, mas assim deixo sem argumentos a minha sogra, se lhe passar pela cabeça chamar-me doidivanas e estragadão!

Bem, aquele lanchinho a dar pra ceia deu-me cá uma moleza... Vocês nem imaginam, caí no sono que nem um justo.

Mas aquele maldito filme (temos que ajustar contas um dia destes, Pedro!) desencaminhou-me lá aquele recanto do cérebro que trata do departamento dos pesadelos e dei comigo a sonhar que estava a ter uma conversa com um amigo que (no sonho, tá bem?) encontrei no Cais do Sodré:

- Quiandas a fazer, pá?

- Olha ele. Olha fui jantar ao Museu da Cerveja, respondeu-me.

Devo ter dado um salto tal que a dor que senti no rim foi de certeza uma bela duma cotovelada que me mandou a minha mulher.

- Museu da Cerveja? E pagaste, aquilo paga-se pa entrar...

- Pagar, tás parvo ou quê?

- Atão, coméque fizestes, pá?

- Fácil - e riu-se como se eu fosse o gajo mais tolinho ao de cimo da terra - Vi ali um gajo ao pé do Terreiro do Paço, com cara de andrade, a tentar estacionar o carro e eu como sou um gajo simpático até lhe indiquei que no Campo das Cebolas há estacionamento e o gajo agradeceu e pediu-me se o podia levar lá e eu meti-me no carro com ele e não é que quando passou uma miúda gira por trás do carro, e eu me virei para a galar, dei comigo a olhar para um papel de chocolate, vazio, uma garrafa daquelas da UCAL, também vazia e uma maçã meio roída e uma caixa preta com a cara do Ósébio no banco de trás, no colo duma bifa? Eu, olá, o que é isto? perguntei ao andrade e ele que não era nada, que aquilo não chegava ao limite da lotação do carro e eu: mas ó meu, isto é muita fruta; E ele, é pá, eu cu chocolatinho, o café com leite e a fruta estou satisfeito e ainda me falta a sobremesa, eheheh... Olha lá, leva aí a caixa do Ósébio, pá. E eu levei! Caraças, tu nem sabes o tratamento de cólidade caquilo é, eu até fiquei parvo. Os gajos devem-me ter achado parecido com algum camone que lá vai muntas vezes, só pode, não paravam de me tratar por refri, refi pra cá, refri pra lá, sô refri isto, sô refri aquilo.. É pá, aquilo sim, é luxo!

- Que sorte, pá...

- Sorte? sorte, era ser árbitro, pá! Diz que até lhe oferecem jantares...

 

Deu-me cá uma picada no estômago... sacana do prego era rijo que nem cornos.

8 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D