Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Confiança na vitória

Está à vista de todos que este Sporting de Rúben Amorim pratica o melhor futebol desde há muito tempo numa época de imensa exigência competitiva por todo um conjunto de razões.

Para isso concorrem vários factores:

- O crescimento de Amorim enquanto treinador, já num patamar de excelência e sem temer comparações com treinadores de maior curriculum e experiência.

- A base de estabilidade do plantel, com treinador e muitos jogadores com mais de 100 jogos ao serviço do Sporting, e um bom balneário que isso facilita.

- A manutenção de alguns pesos pesados, como Coates e Pedro Gonçalves.

- A qualidade extra das últimas contratações, Diomande, Gyökeres e Hjulmand.

- A dimensão física do plantel, com muitos, talvez a maioria, dos jogadores acima do 1,80m.

Mesmo assim, não conseguimos já evitar duas eliminações, uma na Taça da Liga por manifesta falta de sorte, outra na Liga Europa muito pela superior dimensão física dos italianos da Atalanta. Neste caso, o que é bom a nível interno não chega para lidar com as equipas mais físicas da Europa.

 

Depois do ciclo infernal de Fevereiro/Março vem este de Abril com dois dérbis e um clássico absolutamente determinante em termos das nossas aspirações aos dois títulos em disputa:

29/03/2024     Est. Amadora - Sporting

02/04/2024     Benfica - Sporting (TP)

06/04/2024     Sporting - Benfica

12/04/2024     Gil Vicente - Sporting

16/04/2024     Famalicão - Sporting

21/04/2024     Sporting - V. Guimarães

28/04/2024     Porto - Sporting

 

Como é que estamos para enfrentar este ciclo tremendo absolutamente determinante em termos dos objectivos da época?

O nosso plantel continua curto para as necessidades.

Castigos e lesões obrigam a ter dois jogadores de nível semelhante por posição mais dois ou três polivalentes que entrem na rotação e desempenhem o lugar como o titular. Ora isso apenas acontece na defesa depois do regresso de St. Juste. Em todos os outros sectores precisávamos de um pouco mais. Fresneda, Pontelo e Koindredi estagiam para a próxima época, dificilmente terão uma palavra a dizer nesta.

Neste momento estamos com três jogadores lesionados: Adán, Edwards e Trincão. E temos (penso) sete jogadores à beira do quinto amarelo: Nuno Santos, Pedro Gonçalves, Edwards, Esgaio, Diomande, Hjulmand, Neto. Depois disso Diomande está em Ramadão e em viagem entre a África e a Europa, e Morita do outro lado do mundo, ambos ao serviço das suas selecções. Não irão voltar nas melhores condições.

Tudo isto, quer queiramos quer não, vai ter consequências.

E não podemos esquecer que os meninos queridos da arbitragem APAF, Soares Dias e João Pinheiro, têm um longo cadastro de roubos ao Sporting e fatalmente aparecerão nos dérbis e no clássico. Este ano já perdemos com o primeiro na Luz (expulsão forçada) e o segundo em Guimarães (penálti inventado).

 

Mas não estamos a jogar sozinhos. Os outros clubes têm os seus problemas também. O Herr Schmidt vê lenços brancos e bombardeio de tochas da bancada das claques que o Rui Costa não conhece e o (...) Conceição tem o clube em buraco financeiro, acossado pela Justiça e pela "boca no trombone" do Villas Boas. Os terrenos da Maia já são caso de polícia, diz o candidato. E o vereador do PS também.

Não temos de ser perfeitos. Temos é que ser melhores do que os outros mesmo em terreno inclinado a favor deles.

E nisso tenho total confiança. Confiança na vitória.

SL

16 comentários

Comentar post

{ Blogue fundado em 2012. }

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D