Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Condensado de desabafo. Os senhores não me liguem não?

Eu já sei que estamos todos muito irritados com o Vasco Santos, que foi um incompetente sem descrição. Indiscutível.

Também já sei que toda a gente tem também muito mais anos de Sporting e de (alegadamente) roubalheira que eu. E sou muitas vezes a que não percebe, "oh tu não percebes", dizem-me. E se calhar não, mas por isso falo do que e quando me apetece.

E percebo que golo anulado após golo anulado a irritação cresça e o discernimento seja difícil. Percebo que se vá perdendo a paciência mas vejo que também a objectividade.

O que eu não percebo é onde passou a ser preferível não se distinguirem as coisas e partir-se para a acusação generalizada. E o que isso nos trará de bom. Pior, a desresponsabilização total que isso traz ao discurso das pessoas.

Outra coisa que eu sei é que poucos se lembram onde estávamos há um ano. Eu sei, estava lá. E no ano anterior. E outros. E não foi culpa de árbitros, lamento, o sétimo lugar. Lamento porque era muito mais simples justificá-lo. Atribuir resultados a erros de arbitragem é redutor para o que vi. E se eu gosto do Sporting, por Deus eu ainda perco o sono com o Sporting. Ainda espumo se me perguntam quem prefiro que seja campeão, "o Benfica ou o Porto?", mesmo quando o Sporting não está entre os três primeiros.

Eu não gosto do Porto nem do Benfica. Nem de Vitória nenhum. Abomino o Paços de Ferreira. Não gosto do Belenenses. Nem de ninguém, nesta matéria sou intolerante. Não me interessa se os favorecidos são sempre os mesmos, não consigo ver objectividade nisso quando é dito semana após semana. Eu pouco ou nada vejo jogos de outros aliás. Acho bem que se fale e até que se esperneie. Os outros ficam a ver, a gozar o prato. No fundo nisto dos clubes as reacções são como as das pessoas porque também delas vivem, quando se está bem não se quer saber dos outros. Tudo bem, são as regras com que a sociedade se entretém e há coisas mais graves que o futebol, e é-me indiferente quem está ou não ao lado do Sporting, ou o que pensam os outros.

Interessava-me sim que isso (costuma ser aqui que entra o não perceber disto) desse alento ao Sporting para fazer sempre mais e melhor. Este por-agora-segundo-lugar devia ser aproveitado, e lutado até ao fim. Sê-lo-á, espero, mas não devia ficar sujo pela generalização que já perdeu o controlo. Pode ser que resulte em indignação e raiva, motivação na equipa para se superar (aqui também costumo ouvir uns "mas isso não é assim"). Se assim for dou a mão à palmatória. De bom grado.

Acho bem que se reclame e se faça barulho. Dizer que este ou aquele lugar nos pertencia sem os erros não, não me revejo nessa postura. Porque se se fossem ver erro a erro provavelmente a tabela desandava toda, mas ninguém se vai dar ao trabalho, digo eu. Eu não estou a dizer que não há erros, e sei lá eu quem encomenda o quê. Eu sei que houve as escutas e que existe corrupção. Mas para insinuar e apontar o dedo sem certezas, expor todo um clube assim, não posso perceber.

"Eu não choro" costumo dizer. E não. Eu, se vejo um lance como o do Cedric com o Belenenses ou o golo em fora-de-jogo do Montero prefiro pensar (literalmente assim) "tá dito tá dito", por troca dos erros contra o Sporting. E não acho que isso seja compactuar com sistema nenhum, há erros que o são e pronto (não estou a falar consigo, Vasco Santos).

Detestaria que o futebol para mim fosse semana após após semana o árbitro, eu nem os fixo nem quero fixar. Vejo o copo meio cheio, sou ingénua talvez, mas vivo melhor assim. E não me vejo mudar.

Desde Setembro ou Outubro leio e ouço que "a equipa do Sporting ainda não chega lá", e não o discuto. Mas o não chega, e os erros se quiserem, trouxeram-nos a Março em segundo lugar depois de um ano como o passado (e não me digam que é por estarmos fora da outras competições porque há um ano onde é que elas já iam todas). Se isso é mau e motivo para tudo isto então sim, eu não percebo nada do assunto. Eu acreditei e até fiz campanha pelo não sermos candidatos ao título e de repente só se fala no primeiro lugar. O Pedro Correia fez a análise certa a Setúbal num post mais abaixo, e há uma crónica do Carlos Daniel no DN que diz o que penso sobre esta semana: o Sporting tem sido prejudicado sim, mas se for pelo futebol praticado também não merecia o primeiro lugar. E isto custa-me muito dizer, não se pense que não.

Denuncie-se a incompetência alheia, mas tenha-se o discernimento para ser objectivo e ver o que está mal connosco.

 

Posto isto, domingo lá estarei grandamando e a torcer para que o Porto continue sem ganhar em Alvalade.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D