Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Clube vs Sócia = ? - Round 2

Há dias partilhei a experiência vivida com as dificuldades encontradas no acesso a área reservada de sócia, no site sporting.pt e loja verde online. De caminho, contextualizei a situação em si, a urgência em receber uma compra que seguiria além fronteiras. Dei nota, desde o primeiro momento, da especificidade da situação, procurei sensibilizar para que acontecesse uma gestão de encomenda mais atenta e fui informada, no próprio dia, de que a encomenda encontrava-se já em preparação. Findos os 3 dias úteis previstos para entrega sem receber qualquer informação, pedi um ponto de situação quanto ao estado da mesma. No próprio dia fui informada de que iria ser averiguado devendo aguardar por resposta. Quatro dias depois, dois deles úteis (ontem), voltei ao contacto.  

Fui hoje informada de que existe uma ruptura de stock de um dos tamanho pretendidos, já pagos - incluindo personalização - e foi-me dada a opção de escolher entre aguardar pela sua reposição ou receber o reembolso de toda a encomenda (quase 200€, alguns cêntimos a excederem 187€).

Entre a ausência de informação de ruptura de stock do tamanho (compreendo que não possa ser garantido no imediato, por completo, em contexto de compra online - claramente, não se faz separação de stocks -) à demora em assumir que a havia - note-se que fui informada de que a encomenda encontrava-se em preparação no próprio dia em que a realizei e paguei -, ao prazo para entrega há muito ultrapassado (pelos motivos óbvios) pergunto:

- teria feito sentido a Loja Verde Online ter proposto a troca de tamanho para o tamanho 'S' da camisola principal (praticamente equivalente ao tamanho JXL, que se encontrará em ruptura de stock), assumindo eu o diferencial de preços, que se cifra em 18€ (62,99€ vs 80,99€)?

- teria feito sentido a Loja Verde Online ter proposto a compra do tamanho 'S' da camisola principal (praticamente equivalente ao tamanho JXL, que se encontrará em ruptura de stock), assumindo a própria Loja Verde Online o diferencial de preços, que se cifra em 18€ (62,99€ vs 80,99€)?

- sócios do Clube, eventuais accionistas, faz-vos mais sentido assumir 18€ de prejuízo palpável nesta venda ou perder a oportunidade de vender um pouco mais de 187€?

- sócios e eventuais accionistas do Clube, têm consciência dos preços de venda destes mesmos tamanhos durante os saldos e as disponibilidades de stock por essa ocasião?

Objectivamente : é altamente provável que o Clube venha a vender o tamanho JXL dentro de alguns meses a um preço em que receberá menos do que o valor que agora pratica, se calhar por uma diferença muito próxima de 18€.  Os lapsos, documentados por escrito, são imputáveis aos responsáveis pela Loja Verde Online (sabia-se da minha urgência e a encomenda entrou em modo 'preparação' no próprio dia em que foi paga), ou seja, a Loja Verde Online deveria ter contactado dando nota da ruptura de stock, prazos previstos para reposição do mesmo e alternativas. Ao cabo de uma semana, devolve-se o dinheiro ao sócio - e pura e simplesmente não se vende - em alternativa o sócio que a) espere pela reposição que não se esclareceu quando irá acontecer ou b) que pague mais 18€ para ter um artigo idêntico?

Estou curiosa em relação às perspectivas dos caros Sportinguistas sobre o exposto.

 

adenda: Já no passado me vira perante uma situação semelhante: efectuei uma compra durante os saldos, prazo de troca a decorrer, não havia o tamanho para troca pretendido na linha de criança, mas na de adulto, contudo, já estando fora do período de saldos, deveria pagar o diferencial para a totalidade do preço do artigo, excluído que estava o desconto do período de saldos; querendo apresentar reclamação, somos informados de que será reencaminhada internamente - sem que exista cópia a ser encaminhada ao consumidor - e, aparentemente, não sai do universo empresa-que-nos-gere-as-lojas, ou seja, estrutura do clube propriamente dita, não se encontra disponível para receber exposição do consumidor. A empresa -que-nos-gere-as-lojas é, aparentemente, juiz em causa própria.

pasted-1664271397-684764.jpeg

15 comentários

Comentar post

{ Blogue fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D