Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Bruno, fica! Senão, estamos fodidos... (Ristovski)

Não sei se será exactamente assim, mas pelo que se vê vai ser bem complicado que assim não seja. A equipa que ganhou a Taça no Jamor foi retocada com base em jogadores de segundo plano e jovens promissores e não se vê mais ninguém que possa ser ao mesmo tempo a voz de comando e o desequilibrador. Nem tão pouco dois jogadores que no conjunto possam cumprir essa tarefa.

Keizer volta a apostar na fórmula do ano passado. Nas suas palavras, o "passing game". Quatro defesas clássicos, ausência de trinco, antes dois médios de construção a revezar-se na protecção central à defesa, um ponta agressivo de pé contrário a procurar a profundidade com o outro ponta a jogar por dentro e a entrar nos terrenos do ponta de lança, o ponta de lança a bascular e solicitar tabelas, poucos cruzamentos por alto e... o Bruno Fernandes. Com o regresso dos que ainda estão em férias e a recuperação do Rosier, imagino que a equipa tipo que ande na cabeça de Keizer seja:

Renan; Rosier, Coates, Mathieu e Borja (ou Acuña); Eduardo, Wendel e B. Fernandes; Acuña (ou Vietto), Dost e Raphinha.

Depois temos vários jogadores que poderão em qualquer momento substituir qualquer um destes sem grandes problemas, Ristovski, Neto, Doumbia, Luiz Phellyppe. 

Dos mais novos, Max, Camacho e Plata parece-me que vão ser aposta, Miguel Luís e Jovane estão a passar um pouco ao lado da oportunidade e se calhar precisariam de crescer um pouco mais num empréstimo a uma equipa da 1.ª Liga. Os outros jovens "muito verdinhos" parece-me que estariam melhor para já na equipa sub-23. Desses gostei particularmente do Nuno Mendes a lateral esquerdo.

 

Ficam então (pelo menos para mim) as grandes dúvidas no que respeita à constituição do plantel.

Jogadores que estão a render muito pouco com a camisola do Sporting: Bruno Gaspar, Ilori, Ivanildo, Diaby e Matheus Pereira, o regressado de lesão grave Battaglia. Daqui a poucos dias iremos saber quantos destes se vão juntar aos excedentários que já treinam por Alcochete.

E falta ver também o que vai acontecer a Gelson Dala, que se calhar não deve nada a Diaby ou a Vietto. Ryan Gauld também não percebo porque não tem lugar no plantel, o seu futebol intuitivo e vertical tinha tudo para fazer de Wendel no modelo de Keizer. Coisa que Miguel Luís não consegue.

Mas realmente fica, Bruno!! Senão...

 

PS: O penteado de Thierry Correia deve ter com certeza a ver com aprimorar a técnica de cabeceamento... 

SL

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D