Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Balanço (17)

ngACF0798F-1235-4791-94EF-96AD28C6DCB2[1].jpg

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre NANI:

 

- Luciano Amaral: «O tal lance do minuto 89, em que Nani faz um passe em arco à frente da defesa do Benfica, que a come por completo, e deixa o Slimani em condições de a enfiar no fundo da rede. Aquela assistência é que só está ao alcance de um jogador excepcional como o Nani.» (2 de Setembro)

- Adelino Cunha: «Haverá Nani a mais para tão pouco Sporting?» (14 de Setembro)

- Edmundo Gonçalves: «Que dizer dum jogador que já leva a equipa às costas e que marcou um golo daqueles de fazer levantar os estádios? Chega fabuloso?» (18 de Setembro)

- Paulo Gorjão: «Todos -- presidente, sócios e adeptos -- querem mais resultados este ano, ainda que, em larga medida, o plantel seja o mesmo. A excepção óbvia é Nani, mas um jogador excepcional, ainda que faça a diferença em muitas ocasiões, não permite tapar o sol com uma peneira.» (21 de Dezembro)

- Filipe Moura: «A equipa é Nanidependente.» (11 de Janeiro)

- Duarte Fonseca: «Nani joga tanto. Mais uma vez os assobios. No lance do terceiro golo conseguiram assobiar o Nani e logo depois aplaudi-lo de pé, não percebendo que se o Nani não tivesse chamado a si os adversários, Carrilllo nunca teria o espaço que teve para cruzar. Desposicionou toda a defensiva adversária. Não perceberam também que se o Nani não jogasse como joga, não teria amarelado quatro jogadores do Penafiel.» (10 de Março)

- Eu: «Nani tem um talento excepcional. O que se nota também nas situações em que parece "parar" o jogo. Ele não pára. Ele pensa. E ao pensar bem o jogo torna-se um trunfo inestimável para a equipa. É um mestre da temporização, da gestão do esforço - que também são aspectos cruciais no futebol de alta competição. E sabe jogar sem bola como ninguém, tendo sempre uma visão panorâmica do terreno. Adivinha as movimentações dos colegas e dos adversários com uma noção exacta da ocupação do espaço. É aquilo a que eu chamo inteligência em movimento.» (12 de Março)

4 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D