Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

As vitórias morais

Este Sporting quase-milionário treinado por Jorge Jesus já disputou sete jogos com FC Porto, Benfica e Braga desde o início da temporada.
Empatámos quatro.
Perdemos três.
Não vencemos nenhum.

 

Só para o campeonato, com 15 pontos em disputa, conquistámos apenas três nestas partidas frente às outras equipas mais fortes.

 

Haverá quem não se preocupe.
Haverá quem encolha os ombros e repita o chavão de sempre: "Para o ano é que é."
Eu preocupo-me.
Com os resultados da equipa.
E com esta resignação de tantos adeptos vergados ao velho rasto das vitórias morais.

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 04.04.2018

    Entretanto a nossa equipa B está em zona de despromoção, praticamente desmantelada. Arrasta-se penosamente pelos campos.
    Com que objectivo?
    Com que intenção?
    Com que proveito para os nossos jovens jogadores?
  • Sem imagem de perfil

    Leão da Estrela 04.04.2018

    O último jogo então foi desastroso. Até aos 60 minutos o Sporting dominava e ganhava por 2-0, entretanto o treinador decidiu fazer alterações e perdemos por 2-3 deixando os jogadores completamente de rastos. Inacreditável. Creio que o vírus JJ se está a propagar para os mais novos.
  • Sem imagem de perfil

    JHC 05.04.2018

    As equipas B estão a ser mal aproveitadas em todos os Clubes, sem excepção.
    O FCPorto B levou 6x0 do Nacional e hoje mais 3x0 do Varzim. Vem caindo a pique depois de ter liderado a Liga Leadman e ver a sua equipa desmantelada no mercado de janeiro para obterem, por exemplo Paulinho ao Portimonense por empréstimo. Lembrar que o FCPorto B foi campeão da 2ª Liga em 2015/2016 e não encontramos um único jogador na equipa principal, Aposta zero!. Mas se forem campeões nacionais este ano serão os maiores!
    Braga, Guimarães e Benfica já estiveram abaixo da linha dàgua esta época. O Braga esteve nesta situação durante quase toda a época. O Benfica B escapou a despromoção na última jornada da época passada com uma penalidade por derrube de um jogador encarnado fora da área!
    O problema das equipas B não é exclusivo do Sporting. No nosso caso temos muitos jovens promovidos dos juniores com o primeiro ano de profissional. Pedro Marques só agora começou a mostrar o seu valor.
    Sairam Gelson Dala, Leonardo Ruiz, Bilel Aouacheria, Luis Elói, Pedro Empis, Ricardo Guimarães, André Geraldes e Mama Baldé, para rodarem por empréstimo, e não esquecer que Esgaio, Xico Geraldes, Matheus Pereira, João Palinha e Gauld também fizeram o final de época passada na B e também saíram esta época.
    Dos "seniores" ficaram Rafael Barbosa(que carrega literalmente a equipa as costas), Pedro Delgado, Ivanildo Fernandes e Ronaldo Tavares(todos têm sido chamados à Selecção sub-21) e que têm treinado com frequência com a equipa A. Wallyson recuperou de longa lesão e saiu por empréstimo. Mauro Riquicho recuperou de longa lesão e ficou. De resto são vários campeões de juniores a dar os primeiros passos no mundo profissional como são os exemplos de Demiral, Abdu Conté, Tiago Djaló, Bubacar Djaló, Diogo Brás e o já citado Pedro Marques.
    Temos muito potencial mas necessitam crescer, ser apostas e sentir o apoio dos adeptos quando falharem. É muito bonito dizer que não houve apostas na formação e depois assobiá-los em Alvalade, ou criticá-los nas redes sociais como vimos fazer com Ryan Gauld, Tobias Figueiredo e Iuri Medeiros(até mesmo aqui no blogue) e com tarjas no Estádio como fizemos a Ruben Semedo. Nisso também somos diferentes pois não vejo fazerem o mesmo nos rivais. Se calhar a culpa também é de JJ...
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 05.04.2018

    Caro JHC: como se costuma dizer, com os males dos outros podemos nós bem.
    Julgo que um dos defeitos mais evidentes do Sporting é desperdiçarmos demasiado tempo e demasiadas energias a falar dos outros clubes.
    Como me parece evidente, o desvirtuamento e virtual extinção da equipa B prejudica, acima de tudo, um clube como o Sporting, que tem na formação uma das suas matrizes identitárias.
    Pela equipa B jogaram um Bruma, um João Mário, um Esgaio, um Podence, um Geraldes, um R. Semedo, um Iuri, um Gauld, um Leão e tantos outros que foram crescendo no confronto competitivo aberto com equipas que lhes propiciavam boa réplica nessa decisiva fase da transição de juniores para o profissionalismo. Nada disso ocorrerá com o badalado "campeonato sub-23" - pensado essencialmente para jogadores já formados.
    Ver hoje o nosso Sporting B arrastar-se penosamente em campo, sem motivação, sem energia anímica, sem perspectivas de crescimento, é um péssimo cartaz. Para a modalidade e para o clube..
    Que outros tenham ou deixem de ter é o que menos devia importar-nos. Deixemos de andar tão obcecados com os rivais e concentremo-nos mais em nós próprios: esse é um dos factores que nos tem impedido de ganhar maturidade competitiva e conquistar troféus no futebol profissional.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D