Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

As principais causas da crise

Texto do leitor António 1969

20171022_210210-1.jpg

 

Nesta altura não culpo os jogadores, até um senhor como Mathieu já não tem capacidade de manter a cabeça fria.

Então quem são para mim os culpados de o futebol do SCP chegar a este ponto?

 

1.º - Quem dirige o clube. Tanto esta direcção que foi incapaz de reunir um plantel forte e equilibrado, como as anteriores, por exemplo, a do abrasado que desfez o plantel e "criou" a vergonha que se passou em Alcochete. Mas começar a época com este plantel, era estar a "pedi-las". Era dar o flanco aos inimigos do SCP. Incompreensível e inaceitável. Temos de ser muito mais competentes se queremos ter capacidade para enfrentar os pontos seguintes. Na gestão do futebol as mudanças são para ontem.

2.º - As claques, melhor dizendo, o bando de criminosos que nelas se infiltram. Não bastou a porcaria feita em Alcochete, ainda no último jogo voltaram a fazer porcaria. Mais uma vez. Com estes criminosos à solta fica mais difícil gerir o clube ou ser profissional do SCP. A solução tem de passar por afastar esta escumalha. Parte do assunto compete às autoridades policiais e judiciais, sem esquecer os políticos.

3.º - O futebolzinho português. Tresanda a compadrios, favorzinhos, resultados combinados, etc. Aqui até parece normal adeptos de um clube andarem a espiar o sistema judicial. A arbitragem é o que vemos, não só dentro de campo, como no modo em que são escolhidos e avaliados, de forma a corrigir algum mais insurrecto para o "sistema". Nesta área não há soluções milagrosas, vai levar anos ou décadas a alterar o estado das coisas, isto se houver vontade.

4.º - A depauperada comunicação social. Alimenta o "sistema". Sempre houve "tendências" nesta área, mas com a gravíssima crise que atravessam, "vendem-se" por cinco tostões. Neste momento, a luta pelas audiências (onde acham que está a sobrevivência) sobrepõe-se à verdade, àquilo que devia ser o seu desígnio: informar. Estão já a pagar essa opção, mas vai-lhes sair muito mais caro.

 

O SCP, com o estatuto e dimensão que tem em Portugal, deve participar na luta por introduzir melhorias nos pontos 2, 3 e 4, mas é no ponto 1 que deve centrar as atenções, até porque é o único que depende essencialmente do nosso desempenho e competência.

 

Texto do nosso leitor António 1969, publicado originalmente aqui.

7 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D