Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Armas e viscondes assinalados: Atentado ao pudor antes do fim do mundo tal como o conhecíamos

Sporting 2 - Desportivo das Aves 0

Liga NOS - 24.ª Jornada

8 de Março de 2020

Luís Maximiano (2,5)

Teve tão pouco para fazer que se não tivesse voltado a haver futebol talvez ficasse com a ideia de que enveredou pela carreira de homem-estátua.

Ristovski (2,5)

Sacrificado pelo treinador quando o Sporting se viu com superioridade numérica em campo, saiu do relvado de forma intempestivo e seria decerto protagonista de um "caso" capaz de agitar o futebol português não fosse o caso de o futebol português ter sido criogenizado poucos dias mais tarde.

Tiago Ilori (3,0)

Está encontrada a receita para o não muito jovem central deixar de ser um "handicap". Bastará conseguir que dois adversários sejam expulsos nos 20 minutos de todos os jogos.

Coates (3,0)

Seguro e imperial, também poderia ter aproveitado aquela hora e meia para um curso de liderança.

Mathieu (3,0)

Integrou-se na manobra ofensiva quando parecia que nem com dois jogadores a mais se chegaria lá.

Acuña (3,0)

Não foi um dos seus jogos mais inspirados, mas a bitola do argentino encontra-se muito acima da triste realidade de Alvalade.

Battaglia (3,0)

Controlou sem problemas o meio-campo num jogo de sentido único.

Wendel (4,0)

A assistência para o golo de Sporar que desbloqueou o marcador, num cruzamento perfeito oriundo da esquerda, foi a parte mais efectiva da exibição, mas não se pode esquecer que se deve à velocidade do brasileiro o estranho fenómeno de haver duas expulsões de adversários nos primeiros 20 minutos de jogo. Depois de sofrer uma entrada de sola, viu um contra-ataque ser travado por um puxão nos calções que deixou a descoberta uma parte saltitante da sua fisionomia, revelada a Portugal e ao Mundo pela realização da Sport TV. Dir-se-ia que um atentado ao pudor inadvertido que, por uma daquelas coincidências, ocorreu mesmo do confinamento que mudou o mundo tal como o conhecíamos. E permitiu que o Sporting passasse três meses sem perder o jogo, no que é um recorde absoluto dificilmente repetível no mandato de Frederico Varandas a não ser que venha a segunda vaga de Covid-19 ou a epidemia zombie.

Gonzalo Plata (3,0)

Muito mexido, mas nem sempre assertivo, o jovem prodígio ganhou pontos sobre a concorrência interna, entretanto aliviada dos pesos-pesados Bolasie e Jesé Rodríguez.

Vietto (3,0)

Um excelente remate que poderia ter inaugurado o marcador foi devolvido pela barra, tendo a competência de não repetir a proeza no pénalti que selou o 2-0 final.

Sporar (3,0)

Excelente cabeceamento aquele que fez o 1-0, mas as restantes intervenções fazem desconfiar que Bruno Fernandes será o melhor marcador leonino nesta temporada apesar de ter ido embora no final de Janeiro.

Jovane Cabral (2,5)

Colocado em campo ainda durante a primeira parte para agitar o jogo, cumpriu com o tipo de agitação inconsequente a que os sportinguistas se habituaram desde o início da temporada.

Francisco Geraldes (2,5)

Procurou aproveitar a oportunidade de voltar a jogar em Alvalade, notando-se que lhe falta vontade de surpreender.

Rosier (2,0)

Fez prova de vida nos últimos minutos de jogo. 

Ruben Amorim (3,0)

Foi preciso dar uma dúzia de milhões amendesoados de euros por um treinador sem as qualificações exigidas, escasso currículo e um passado de futebolista fanático pelo Benfica para que um árbitro mostrasse o cartão vermelho por duas vezes a adversários do Sporting. Qualquer avaliação dos méritos de Ruben Amorim e da capacidade de transformar a massa amorfa que é o plantel leonino fica prejudicada por tão especiais circunstâncias. Terminado o confinamento, é tempo de mostrar o que de facto vale, embora lhe vá ser difícil dar instruções para dentro do relvado quando o seu problema de qualificações o impedirá de estar sem máscara junto à linha lateral.

 

3 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D