Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Árbitros: incompetência internacional

 Ricardo Carvalho keeps his eye on the ball but trips Alvaro Morata to give away a penalty - initial contact was seemingly outside of the area

 Ricardo Carvalho: falta que deu penálti foi cometida fora de área

 

1. Nós criticamos muito os árbitros de cá. E com razão. Mas convém não perder o sentido das proporções: há péssimas arbitragens por toda essa Europa. Os actuais quartos-de-final da Liga dos Campeões têm tornado isso bem evidente.

Aconteceu, por exemplo, no Juventus-Mónaco. Com um brinde do árbitro checo Pavel Královec, que garantiu a tangencial vitória italiana ao vislumbrar falta de Ricardo Carvalho dentro da área, convertendo-a em penálti. Quando a falta, que existiu, foi cometida fora da área.

Vítor Pereira, em representação da UEFA, foi observador deste jogo. Seria interessante saber o que pensou desta arbitragem.

 

Neuer Reclama Bayern Porto Champions 15/04/2015

Neuer devia agradecer ao árbitro, que só lhe mostrou cartão amarelo

 

2. Também no FC Porto-Bayern de ontem o árbitro espanhol Carlos Velasco Carballo esteve em evidência pela negativa.

Como o Luciano já sublinhou, o lance do primeiro golo portista tem início numa falta cometida por Jackson sobre Xabi Alonso. Falta que o árbitro não viu e forçou Neuer, por sua vez, a derrubar Jackson dentro de grande área germânica. Um derrube que, face às leis do jogo, só poderia ser sancionado com vermelho. Mas o senhor Carballo não ousou exibir um cartão desta cor ao guarda-redes campeão do mundo, como se impunha: ficou-se pelo amarelo.

O que fez toda a diferença: imaginem o Bayern a actuar hora e meia só com dez jogadores. Quanto ao desfecho da partida, faço minhas as palavras do Mestre de Cerimónias: "As rivalidades são o que são, mas não reconhecer os méritos que [os portistas] demonstraram seria pura estupidez."

 

10 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D