Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Amanhã à noite no Jamor

xSportingTaça.jpg

 

Depois do interregno das competições caseiras devido aos compromissos das selecções, e com mais alguns infectados exactamente devido a esses compromissos, como o Plata e o Catamo, o que mais uma vez vem demonstrar o impacto que a pandemia terá nesta época, o Sporting enfrenta no Jamor o Sacavenense para a Taça de Portugal.

A Taça de Portugal é aquela competição que, como a imagem documenta, o Sporting ganhou pela última vez em 2019 com Marcel Keizer como treinador, que sucedeu a Marco Silva (2015), Paulo Bento (2007 e 2008), Boloni (2002) e muitos outros antes deles. Falta aqui o nome de Jorge Jesus e a taça de 2018: ele realmente foi o menos culpado do desfecho daquele maldito jogo no Jamor, todos sabemos as condições em que o Sporting entrou em campo e o comportamento nojento de alguns elementos das claques nas escadarias do Jamor.

 

O Sacavenense é uma equipa do Campeonato de Portugal, exactamente aquela competição onde o Sporting B está inserido, e lidera a série onde está o Fabril do Barreiro, aquele que complicou a vida ao Porto. Noutra série estão o Paredes e o Trofense, que fizeram o mesmo ao Benfica e Braga, respectivamente.

O Sporting não vai ter vida fácil: no ano passado fomos eliminados pelo Alverca, outra equipa desse escalão. Existe qualidade no Campeonato de Portugal, o que vem reforçar a oportunidade da decisão de relançar a equipa B nesse campeonato, equipa essa estupidamente menosprezada e condenada à extinção pelo destituído ex-presidente.

 

Entre os lesionados, os confinados e os poupados pelo desgaste das selecções, desta vez então é que não faço mesmo ideia quem é que Rúben Amorim vai convocar, mas imagino que sejam mais ou menos os seguintes:

Guarda-redes: Adán e Max.

Defesas Centrais: Quaresma, Neto, Feddal e Inácio.

Alas: Borja e Antunes.

Médios Centro: João Mário, Palhinha, Bragança e Matheus Nunes.

Interiores: Tiago Tomás, Jovane, Nuno Santos, Tabata e Joelson.

Ponta de lança: Sporar.

 

Neste contexto, fazendo sentido dar minutos a Max e tendo de mexer muito na defesa, mexia pouco no resto, pelo que o meu onze seria o seguinte:

Max; Quaresma, Neto e Feddal; Antunes, Palhinha, João Mário e Borja; Jovane,  Sporar e Nuno Santos.

 

Concluindo,

Amanhã o Sporting entra em campo no Jamor para tentar prosseguir na corrida para... o Jamor.

Considerando o sistema táctico de Rúben Amorim, qual seria o vosso onze?

PS: Vejo agora na TVI24 o presidente do Sacavenense a explicar a mudança para o Jamor e a agradecer a gentileza do Sporting em lhes ceder a sua parte da receita da TV. Muito bem. E que ganhe o melhor.

SL

34 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D