Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Amanhã à noite em Alvalade

Ultrapassados com algumas ou muitas dificuldades Santa Clara e Gil Vicente, vai agora o Sporting receber o Tondela, terceiro desafio da tal sequência de quatro jogos acessíveis que o Sporting tem que aproveitar para integrar os lugares da frente. Para já, e ganhando, ficamos isolados na segunda posição. Mas não vai ser fácil.

O Tondela tem sido nos últimos anos uma pera dura de roer para o Sporting, os empates e derrotas têm acontecido. Nesta altura, e por aquilo que sei, é uma SAD detida por espanhóis, com treinador igualmente espanhol, mais uma daquelas situações que levantam muitas dúvidas e que só o tempo virá dizer se foi uma boa solução para o clube daquela terra, que por acaso também acaba por ser a minha, através dos meus pais. E onde sempre vou ver o Sporting jogar com a equipa da casa.

Nos últimos três jogos Rúben Amorim repetiu o onze inicial, e se no penúltimo tinha previsto que tal seria, neste último falhei e foram Salgas e David Rodrigues que acertaram. Parabéns. A grande dúvida para este jogo é se Amorim vai voltar a repetir o onze inicial.

Como de costume nestes posts, não faço ideia quem vão ser os convocados, mas lesionados - tirando o LP29 - não deve haver: o 15.º jogador, o Covid, se calhar passou-se para o Dragão (vamos ver). Castigados, os árbitros têm feito o seu melhor para que isso aconteça, mas ainda não há afastamentos por acumulação de cartões. Imagino então que sejam mais ou menos os seguintes:

Guarda-redes: Adán e Max.

Defesas Centrais: Quaresma, Coates, Neto, Feddal e Inácio.

Alas: Porro, Nuno Mendes e Antunes.

Médios Centro: Palhinha, Bragança, Matheus Nunes e Pedro Gonçalves.

Interiores: Tiago Tomás, Jovane e Nuno Santos.

Ponta de lança: Sporar.

 

O último jogo tornou óbvia a falta de Sporar no onze. Por outro lado, Neto esteve abaixo do exigível, Matheus Nunes não pode jogar sempre a alta rotação, alguma rotatividade deverá existir, e João Mário também precisa de minutos para recuperar o tempo perdido.

Por isso a minha aposta seria:

Adán; Quaresma, Coates e Feddal; Porro, Palhinha, João Mário e Nuno Mendes; Pedro Gonçalves, Sporar e Nuno Santos.

 

Concluindo,

Amanhã o Sporting entra em campo em Alvalade para tentar alcançar a quinta vitória na Liga.

Considerando o sistema táctico de Rúben Amorim, qual seria o vosso onze?

SL

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D