Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Alcochete começou antes de Alcochete

31241516[1].jpg

 Pedro Rocha/Global Imagens

 

Antes da data fatídica de há um mês, houve outra - aquela em que tudo começou em termos públicos.

Ninguém me contou: eu estava lá e vi.

Foi a 5 de Maio. Lamentavelmente, no estádio José Alvalade. Poucos segundos após o apito inicial do Sporting-Benfica.

Na altura, escrevi isto:

«[Não gostei] das tochas lançadas para o relvado por um bando de imbecis. Elementos alegadamente pertencentes à Juve Leo decidiram brindar Rui Patrício com diversos engenhos incendiários, logo no primeiro minuto, forçando o árbitro a suspender a partida. Um gesto totalmente reprovável e que devia ser alvo de duras sanções internas por parte da estrutura leonina. Agravado por ter como destinatário o nosso guarda-redes. Que tem mais anos de Sporting do que alguns desses meninos irresponsáveis têm de vida.»

 

Não houve sanções internas algumas. O que só comprova aquilo que deixo em título: era o capítulo inicial de Alcochete já em marcha.

Depois disso houve as agressões verbais - e quase físicas - aos jogadores no aeroporto do Funchal.

Depois disso, houve as agressões verbais - e quase físicas - aos jogadores num parque de estacionamento de acesso restrito das ínstalações do nosso estádio.

Depois disso, houve as ameaças de morte aos jogadores e familiares mais próximos por mensagens telefónicas.

 

Tudo isto está ligado.

Tudo isto, para vergonha de todos nós, aconteceu no Sporting.

No nosso amado Sporting a que Bruno de Carvalho tem feito tudo para pôr fim.

21 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D