Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

ADN de Campeão (parte 2)

Dizia eu em 07/03/2019:

"Já dizia Jorge Jesus que esta coisa do ADN de Campeão não surge do nada, constrói-se, é preciso muito tempo e muito esforço para ele surgir e demostrar o que vale. Já dizia também alguém que construir demora muito, destruir quase nada, e o destituido encarregou-se do assunto no que ao futebol diz respeito a partir do sofá.

Vem isto a propósito de ter ido ao Pavilhão João Rocha ver a nossa brilhante equipa de andebol estar quase todo o tempo a perder e acabar a ganhar ao concorrente directo ao título, o Porto, e chegar a casa e ver o mesmo Porto a ganhar a 3 minutos do fim ao Roma e ganhar quase tantos milhões quantos nós vamos ter com um fundo qualquer, é a triste situação em que nos deixou o dito cujo. E nessa magnífica jornada de andebol até estava um jogador de futebol na bancada, o Acuña, lá com o seu chazinho de mate e acompanhado daquela senhora que indispôs a mana do tal destituído, suspenso e em breve expulso.

E fiquei a pensar se haveria algum ponto comum ou semelhança entre esta nossa brilhante/fantástica, o que quiserem, equipa de andebol, a equipa do Porto que conseguiu a passagem à eliminatória seguinte no prolongamento e a nossa actual tristonha e deprimente equipa de futebol profissional. ... "

Bom, pois ontem vi em campo o tal ADN de campeão, uma grande equipa, solidária, coesa, que entrou com tudo, não conseguiu marcar, insistiu sempre sofrendo um ou outro susto pelo caminho, marcou a 15mn do fim e fechou o jogo, não permitindo veleidades ao adversário. Desta vez com um treinador que soube ler o jogo e colocar jogadores frescos nos momentos chave. E com um jogador de classe extra que espalhou classe e determinação em campo. Estamos no Jamor, para vingar o desastre do ano passado e ganhar. 

Para além disso entre Chaves e Alvalade esclareceram-se algumas questões sobre o futuro próximo do futebol do Sporting:

1. Keizer. Com estas duas vitórias Keizer assegurou o seu lugar para a próxima época. Insistindo sempre nos mesmos, com uma ou outra nuance de posicionamento e de modelo estratégico de jogo, conseguiu encontrar uma formula consistente para conseguir resultados. Nani e Montero sairam, Bas Dost encostou às boxes, e mesmo assim os resultados apareceram. Ontem e ao contrário de Chaves vimos os centrais descansados de sair a jogar, com Renan a colocar a bola na frente com critério e o PH9 a fazer de poste ao melhor estilo de Bas Dost. Vimos B.Fernandes a vagabundear confundindo marcações e Wendell a acelerar pelo centro do campo. Vimos Raphinha a fazer diagonais que desestabilizavam a equipa adversária (embora continuando a desperdiçar conclusões por jogar de pé trocado). Tudo coisas com dedo do treinador.

2. Formação. Mais uma vez não houve jovens da Academia em campo, Geraldes e Jovane no banco, M.Luis na bancada. Teriamos ganho com eles ? Não faço ideia. É mesmo teimosia do Keizer, ou falta algo no seu desempenho nos treinos ? Ou é apenas questão de estamos no final da época, sem a pressão competitiva doutras alturas da época, sendo mais fácil ter os titulares em boas condições para o jogo seguinte ? E para a próxima época como será ?

3. Plantel. Mal ou bem, ganhou ao Benfica uma equipa de retornados e adquiridos post assalto a Alcochete (apenas vinham de trás e passaram pelo assalto sem questões contratuais conhecidas Coates, Mathieu e Wendell):

Bruno de Carvalho: Bruno Gaspar, Raphinha (ingresso posterior)

Sousa Cintra : Renan, Gudelj, Diaby mais os retornados/mantidos B.Fernandes e Acuna

Varandas : Ilori, Borja, Doumbia e Luiz Phellype

Se calhar devemos alguma coisa a Sousa Cintra ou não ? O que seria desta época do Sporting sem B.Fernandes e Acuna ? Ou sem Renan, um guarda-redes que conseguiu colmatar muito bem a perda do grande Rui Patrício ? Relativamente às aquisições de Inverno é tudo gente sem grandes rasgos nem tiques de vedeta, mas esforçada e útil. Todos eles ainda muito podem melhorar.

Relativamente ao B.Gaspar começou bem com um remate ao lado e depois foi mais uma vez o pior em campo do lado do Sporting, perdendo-se a conta aos lances de progressão pelo seu lado que falhou, e às indecisões entre fechar o lado e encostar aos centrais... até sair. O pior defesa direito do Sporting desde o Quim Berto ? E também o mais caro de sempre ?

Pelo contrário, do lado do Benfica era tudo gente com mais ou menos anos de casa e que já lá estava no ano passado, a excepção era o médio brasileiro que saiu lesionado, e o próprio treinador também.  E mesmo assim conseguimos ganhar, se calhar porque tinhamos do nosso lado o melhor jogador da Liga. Do outro estava um rapazinho talentoso encandeado pelos holofotes da fama.

Concluindo, fazer uma grande equipa demora muito tempo, dar cabo dela é num dia, basta criar um ambiente hostil aos jogadores, arranjar umas dezenas de arruaceiros, invadir o balneário e dar cabo deles fisica e animicamente. Esta equipa precisa de tempo e estabilidade a começar pelo treinador (e só se muda de treinador em caso extremo), de confiança, do apoio de todos, de reforços e de manter os poucos jogadores de classe extra de que dispõe, a começar pelo grande Bruno Fernandes e a acabar no Bas Dost. Pode não ser possível, mas há que fazer tudo para isso.

SL

10 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D