Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

A voz do leitor

«Sinto-me envergonhado com este resultado [2-3 contra o Rio Ave]. Além das limitações evidentes no plantel, temos provavelmente um dos piores treinadores da liga portuguesa, sem qualquer ambição, sem alma, sem ideias. No geral, a forma como o Sporting está a ser gerido neste momento é de um amadorismo flagrante.»

 

Sam, neste postal do Ricardo Roque

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Sam 02.09.2019

    Concordo com quase tudo o que escreveu. Como autor do excerto destacado, deixe-me só realçar que quando falo nas "limitações evidentes do plantel", não me refiro propriamente à qualidade dos que lá estão, mas a algumas lacunas que têm vindo a ser destacadas por vários comentadores neste blogue (ausência de um 6 de raiz, ou de alternativas válidas ao ponta de lança), além de alguns aspetos que tão bem destacou, como a falta de aproveitamento de alguns dos nossos ativos. Podemos não ter um plantel para ganhar a Champions, mas a qualidade dos nossos jogadores, se devidamente aproveitada e potenciada por um treinador minimamente competente, deveria ser suficiente para vencer qualquer equipa a nível interno, num campeonato em que, na minha opinião, o fosso entre "grandes" e "pequenos" é cada vez mais acentuado. O Rio Ave, muito bem orientado pelo Carvalhal, teve mais posse de bola em Alvalade. Mesmo que o resultado até nos tivesse sido mais favorável, essa estatística para mim diria tudo sobre o nosso treinador. Supostamente "dispensa-se" o Bas Dost para privilegiar um jogo de posse, de ataque continuado, de construção, em detrimento do simples cruzamento para a área. E depois recebemos o Rio Ave e temos menos posse de bola, no nosso próprio estádio? Quão incompetente tem de ser um treinador para conseguir esta proeza?
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D