Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

A propósito da arbitragem....

Se a nossa arbitragem não vai estar presente no Mundial, para mim não foi surpresa nenhuma, pois a qualidade dos nossos árbitros deixa muito a desejar. Afirmo-o, pois como se pode observar ao longo dos jogos dos nossos campeonatos, são raros os fins-de-semana onde são mais os casos polémicos, do que aqueles jogos onde podemos encontrar arbitragens isentas. A nossa arbitragem enferma de um corporativismo levado ao extremo. É uma rede, ou melhor um polvo, onde, desde árbitros a ex-árbitros que ocupam lugares nos Conselhos de Arbitragem Distritais, a observadores que foram ex-árbitros, tudo pertence à mesma família. Todos devem favores  a uns e a outros, todos deram "jeitos" numa determinada altura para que determinado árbitro subisse ou não descesse, para que a progressão fosse em favor de determinada Associação de Futebol em detrimento de outra. É esta a realidade, e é desta forma que muitos árbitros que hoje são da 1ª liga, chegaram a esse patamar. Infelizmente muitos jovens que iniciam com vontade a arbitragem pelos distritais de futebol, cedo vão percebendo que não são os melhores que chegam ao top. Então quem são?? São os que pertencem às Associações de Futebol mais fortes em termos de votos na Federação Portuguesa de Futebol, os que têm mais "conhecimentos" ,os que se "movimentam" melhor naquela " família "....Uma sugestão que aqui deixo. Experimentem tirar a arbitagem aos ex-árbitros, a todos aqueles que andaram por "lá" e ponham nos observadores pessoas que fossem formadas especificamente para essas funções, isentas, livres, que desempenhem essas funções sem estarem constrangidas a "determinados conhecimento/ favores" e que a formação dos árbitros quando iniciam as suas carreiras seja dada por verdadeiros professores da arbitragem  e não por muitos formadores que deixam muito a desejar, quer em conhecimentos, quer em expressar e verbalizar o pouco que sabem.

2 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D