Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

6 comentários

  • Sem imagem de perfil

    JHC 23.05.2017

    E para que interessa isto agora? Já foi, não resultou! Que interessa saber de quem foi a responsabilidade?
    Querem que JJ e BC deixem o clube? Organizem uma passeata e vão para frente do estádio!Isto de estar a queimar o Sporting em lume brado revolta-me.
    Já sei: será que JJ e BC vão aprender com os erros? Mais subjetividade que acrescenta carvão aos ataques da comunicação social quanto ao beijo e a ruptura da estrutura!
    Foram cometidos erros já sabemos. O caro Pedro Correia tem alertado(e bem) e puxado pelo debate com introduções sobre os mais variados temas, mas por favor, comecemos a olhar de forma unida para o que temos de fazer e não voltar aos problemas que já vimos "milhentas vezes " escaupelizados!
    Imaginem que são jogadores convidados a assinar pelo Sporting e entretanto começam a observar a forma como os adeptos olham para as contratações efetuadas de Matheus e Piccini: acham que um jogador com talento e vários convites vai optar pelo Sporting sob o risco de ser assobiado ao 1º passe falhado?
    E somos nós os inteligentes e os outros que defendem o Eliseu e Carrillo os estúpidos que comem gelados com a testa...
  • Sem imagem de perfil

    Carlos Silva 23.05.2017

    Como o JHC sabe, há dois tipos de criticas. As destrutivas e as construtivas. Entre elas, há a postura da inação. Se me perguntarem qual delas é a mais nociva (c. destrutivas Versus inação ) diria que esta ultima é a pior, pois não permite a contra argumentação, adormece e embala-nos no caminho do abismo. Situação essa que tem um exemplo claro no período croquetiano.
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 23.05.2017

    No tempo do croquetismo foi preciso o barco estar a meter buracos por todo o lado para enfim alguns adeptos se mexerem, em rebelião aberta contra aquela incompetente direcção que levou o Sporting a bater no fundo. Enquanto quase todos - nomeadamente os que tinham e ainda têm lugar cativo nas pantalhas - faziam de violinistas a bordo do Titanic, entoando hossanas àquela comissão liquidatária que desgovernava o clube.
  • Sem imagem de perfil

    Pedro Azevedo 23.05.2017

    A inação não é prudente, pelo contrário, é radical. Quem passa a vida a resistir à mudança , acaba a ter de resistir à extinção
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 23.05.2017

    Sábias palavras.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D