Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

A gestão desportiva de Varandas

Texto de Leão da Cova da Beira

fredericovarandas3[1].jpg

 

Se me é permitido, [recordaria] as abordagens ao mercado do Sporting, neste consulado de Frederico Varandas.

2018/19 (Mercado de Inverno), INVESTIMENTO 11 M€:
Tiago IIori: 2,4 M€.
Borja: 3,2 M€.
Doumbia: 3,8 M€.
Gonzalo Plata: 1,1 M€.
Luiz Phellype: 0,5 M€.

2019/20 (Mercado de Verão e Inverno), INVESTIMENTO 28,5 M€ + o passe de Mama Baldé:
Vietto: 7,5 M€.
Sporar: 6 M€.
Rosier: 5 M€ (+ o passe de Mama Baldé, avaliado em 5 M€).
Rafael Camacho: 5 M€.
Eduardo Henrique: 3 M€.
Jesé Rodriguez: (taxa de empréstimo 2 M€).
Neto: "custo zero" (com prémio de assinatura desconhecido)
Bolasie: (emprestado).
Fernando: (emprestado, nem fez estreia na equipa principal do Sporting).

Um investimento total de mais de 40 M€ em 11 reforços e três empréstimos.

Mas verdadeiros reforços serão apenas dois ou três: Plata, Vietto e Sporar...

 

Um mero exemplo: o Sporting contratou Sporar em Janeiro de 2020, é um ponta de lança móvel e deixou bons indicadores. Em meia temporada, fez seis [sete] golos. Gelson Dala, emprestado ao Rio Ave em Janeiro (Rio Ave que então lutava pela Europa com o Sporting, surreal esse empréstimo), mas Dala fez em meia temporada os mesmos seis golos de Sporar, sendo um habitual suplente do Rio Ave. Fez sentido contratar, quando em casa temos um avançado móvel com as mesmas características?

Em Agosto [de 2019], chegaram três emprestados: Bolasie, Jesé e Fernando. Em sentido oposto, o Sporting cedeu/vendeu Carlos Mané por 0,750 mil€ (a taxa de empréstimo de Jesé foi de 2 M€), cedeu Mama Baldé, que fez seis golos na Liga francesa no modesto Dijon, e emprestou Gelson Dala e Matheus Pereira.

Pergunto: alguém vislumbra algum critério, alguma racionalidade nesta gestão desportiva?

Qual foi o critério dos três emprestados?

Bom, o Jesé fez um golo, o Bolasie fez outro [fez dois] e o Fernando nem se estreou. Se isto não é gestão desportiva danosa...


Texto do leitor Leão da Cova da Beira, publicado originalmente aqui.

0 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D