Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

A enjoativa “solidariedade do mundo do futebol”.

Poucas coisas me enjoam mais que a “solidariedade do mundo do futebol”. Não porque mortes chocantes, doenças ou tragédias não nos mereçam lamento, mas porque o “mundo do futebol” tem um gatilho solidário mais rápido que a sua própria sombra. Ontem morreu Reyes, que além de jogador razoavelmente conhecido foi um jovem rico que se espetou de carro em excesso de velocidade. Sendo a viatura um Mercedes recente (e portanto bem construído), Reyes deveria ir mesmo muito depressa para o carro ficar naquele estado. Além do jogador, morreu outra pessoa e um outro homem ficou ferido.

Ninguém pode ficar contente com a perda de vidas, muito menos há “pessoas que merecem”. Mas “o mundo do futebol” – por causa da sua visibilidade e influência nos jovens - teria a ganhar se fosse mais como o antigo guarda-redes Canizares, que afirmou que Reyes não merece tributo de herói (no sentido de que um acidente por excesso de velocidade é culpa do condutor. E é.)

A perda da vida de Reyes, em vez de servir para o “mundo do futebol” viver mais uma jornada emotiva do seu campeonato muito particular das manifestações públicas de dor e pesar com que os jornais desportivos vibram intensamente, a ser útil para alguma coisa seria para lembrar aos ases do volante que andar depressa pode dar em morte.

E se compreendo de certo modo o pesar histérico dos jogadores do futebol (por regra pouco instruídos, muito jovens e com adrenalina sempre lá em cima), percebo muito mal que as pessoas mais velhas e os jornalistas não vejam além do imediato e da lágrima fácil.

No fundo, gostemos ou não, em Sevilha e arredores haverá luto oficial e mais mil e uma manifestações disto e daquilo por causa de alguém que às 11h45 iria a quase 200 à hora e que se terá distraído ao volante (ou teve uma síncope, nunca saberemos). 

podem ver as imagens aqui:
https://www.dailymail.co.uk/sport/sportsnews/article-7095855/Spanish-football-legend-Santiago-Canizares-slams-Jose-Antonio-Reyess-reprehensible-attitude.html

11 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D