Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Um justo prémio para André Martins

 

Jogou poucos minutos, no desafio particular de ontem contra a Croácia, realizado na Suíça. Mas este jogo merece ser assinalado por todos os sportinguistas. Porque marcou a estreia de André Martins na selecção nacional de futebol. Merecida recompensa para um dos jogadores do Sporting que mais se distinguiram numa época tão atribulada.

Esta convocatória foi também a resposta do seleccionador Paulo Bento a todos quantos vaticinam um futuro sombrio à selecção por falta de capacidade de renovação de talentos em campo. O André tem uma grande margem de progressão e todos acreditamos que irá ser um dos jogadores mais em foco no próximo campeonato nacional para conquistar a titularidade no Mundial do Brasil.

Lamentável é que aconteça o que tem acontecido nos últimos jogos. Há dias, contra a Rússia, a selecção das quinas tinha apenas um jogador do onze inicial integrado numa equipa portuguesa (Rui Patrício). Ontem, havia dois (Custódio e Varela). Reflexos de uma lamentável realidade: o mérito dos nossos jogadores não é reconhecido, como devia, por alguns dos maiores clubes portugueses que todas as pré-temporadas preferem importar reforços medíocres como se não houvesse amanhã.

Enormes

 

 

Seis dos titulares do jogo desta noite tinham em comum a marca de qualidade da formação sportinguista. Desse grupo, é justo destacar as prestações do André Martins e do Cédric. Não só porque fizeram uma exibição extraordinária (tal como já tinham feito contra o Braga), mas porque ambos, cada um à sua maneira, passaram por um período difícil esta época em que poucas oportunidades tiveram. É bom ver a alma com que estão em campo. E é bom rever a classe que o André Martins espalha pelo relvado e a enorme qualidade com que o Cédric percorre o corredor (anos-luz acima da moeda de troca que conseguimos pelo russo preguiçoso).

2012 em balanço (4)

 

CONFIRMAÇÃO DO ANO: ANDRÉ MARTINS

Um dos jogadores que em 2012 mais tocaram o coração dos adeptos foi André Martins - um médio de garra, com grande apuro técnico, revelador da inconfundível fibra leonina adquirida na nossa academia. Um desempenho que acabou premiado com sucessivas convocações para a equipa principal em jogos que deixaram boa memória nas nossas bancadas - por exemplo, na vitória contra o Atlético de Bilbau. Esteve também em bom nível na pré-temporada, quando marcou um dos golos do triunfo do Sporting no jogo contra o Sheffield United, no torneio de Albufeira. E revelou-se um dos melhores marcadores de livres numa equipa que tem neste aspecto um dos seus défices mais notórios.

Foi pré-convocado para o Euro 2012, acabando por não viajar para a Ucrânia. Mas, se o tivesse feito, certamente não teria desiludido Paulo Bento. Tal como nunca desiludiu como titular da selecção sub-21 nem desiludiu Ricardo Sá Pinto, que na época passada apostou nele como titular da equipa B. Aposta ganha, a exigir voos mais altos, concretizados logo no início de 2012, com a chamada à equipa principal. O profissionalismo deste jovem jogador, de 22 anos, viu-se recompensado em Setembro ao ser designado um dos cinco capitães do Sporting.

Não falta quem anteveja nele, pelas suas características técnicas e pela grande maturidade que já revela, um novo João Moutinho - esperemos que com muito mais amor ao clube, algo que ele, aliás, faz sempre questão de sublinhar, nomeadamente numa entrevista em que deixou bem claro: "Nunca sairia como o Moutinho". Uma declaração digna de aplauso.

Após um período em que esteve lesionado, já com Vercauteren como treinador, André Martins reapareceu no Sporting B: julgo que será um regresso muito esporádico porque o seu lugar, como já demonstrou, é na equipa principal. E quanto mais depressa melhor.

Jornal do Sporting - André Martins

 
« Estou num grande clube. Vou estar grato ao Sporting para o resto da minha vida, por ter sido o clube que apostou em mim ».
O jovem que veio para o Sporting com 12 anos. Após cerca de sete anos na Academia, cumpriu períodos por empréstimo no Real Massamá, Belenenses e Pinhalnovense. Um dos mais promissores talentos do actual plantel «leonino» que está vinculado ao Clube até 2016.

Só mais 3

Jogo a jogo Sá Pinto cada vez melhor, em cada um tomando sempre a decisão certa.

Ontem foram duas. Queixas-te de um dói-dói na unha do mindinho? Salta cá para fora, há mais quem queira. Elias a esconder-se atrás dos médios deles, sempre a acenar aos outros passa a ele e não a mim? Quero lá saber quanto custaste, salta cá para fora, há mais quem queira. E com o puto pézinhos de mel, uma arte e uma visão de bola de estarrecer, André Martins (fica, fica!) lá vai mostrando a estrela dentro dele – um Pilro à portuguesa.

Este não é o Sá Pinto de que me lembro, voluntarioso pois sim, mas precipitado e errado na hora das opções. Este é um homem ponderado, decidido e entendido.

 

PS – Finalmente Polga marca um golo em Alvalade, fazendo esquecer aquela noite de geada nas estepes ucranianas, já lá vão uns anitos.

O que se passa com André Santos?

Começou por jogar, depois de uma boa época transacta, mas cedo Domingos o afastou. O mesmo com Sá Pinto: entra e é decisivo contra o Légia, mas depois é encostado, tendo já sido preterido em favor de Renato Neto e Carriço.

Hoje, já é oficial, joga nessa posição André Martins. Não que eu goste particularmente do Santos, mas pela maneira como jogamos, tendo sempre um jogador mais viril e defensivo nessa posição, estranho a entrada do Martins. André Santos parecia-me a entrada lógica, depois de um mau jogo de Renato Neto, pois é melhor a ocupar espaços e mesmo assim fisicamente mais forte do que o Martins.

O que sabe Sá Pinto (e sabia Domingos) que nós não sabemos?

Mais minutos!

Classe, talento e arte. Não desaproveitem este miúdo. Dêem-lhe mais e melhores minutos. Cada que vez que o André Martins tem a bola sinto que algo mágico pode acontecer. Imediatamente sinto um formigueiro que me entusiasma. Quantos jogadores têm esta capacidade?

 

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D