Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

Da vitória contra o Nacional. Foi suada, mas valeu três pontos. Que podem ser decisivos nesta dificílima campanha de qualificação para um lugar de acesso às competições europeias.

 

Da exibição de Capel. Para mim foi hoje o melhor em campo. Marcou o 1-0 na fase inicial do jogo, mandou uma bola ao poste ainda no primeiro tempo e teve movimentações incessantes pelo flanco direito, contribuindo para dinamizar a equipa mesmo nos momentos de maior apatia colectiva. Faltou-lhe apenas um pouco mais de pontaria nos cruzamentos.

 

Do golo de Rojo. Foi o seu primeiro no Sporting - o que o levou a explodir de alegria, despindo a camisola (e recebendo cartão amarelo por isso). Golo especialmente saboroso por ter garantido a vitória que todos desejávamos.

 

De Bruma. Cresce de jogo para jogo, ganhando maturidade táctica e competitiva. Partiu dele a assistência nos dois golos - o que diz muito da sua exibição nesta partida. Falta-lhe, no entanto, saber dosear melhor o esforço físico. E teve responsabilidade no golo do Nacional, que compensou de algum modo em posteriores missões de carácter defensivo.

 

De André Martins. As transições ofensivas passaram em grande parte por ele. Sem a eficácia revelada noutros jogos, mas com a entrega, o voluntarismo e a determinação de sempre.

 

De Viola. Saltou do banco aos 78' e voltou a dar boas provas. Já merece ser titular.

 

Que tivessem estado 30 mil espectadores no estádio. Excelente ideia, a de Bruno de Carvalho, ao possibilitar a entrada gratuita dos sócios neste jogo a pretexto de o clube ter ultrapassado a cifra dos 100 mil filiados.

 

 

Não gostei 

 

De ver tantos passes errados. Depois da grande exibição nos jogos contra o Braga e o Benfica, sobretudo, este jogo voltou a ser assinalado, durante períodos demasiado longos, por uma evidente displicência do colectivo sportinguista, em particular no meio-campo.

 

De Adrien. Jesualdo Ferreira voltou a dar-lhe uma oportunidade, mas ele não correspondeu. Era o pior sportinguista em campo quando foi substituído por Schaars, com vantagem para a dinâmica da equipa.

 

De Labyad. Outra oportunidade desperdiçada: o treinador mandou-o entrar para o lugar de André Martins, mas esta rendição não funcionou. Lento, apático, desconcentrado, o jovem internacional marroquino demora todo o tempo do mundo para criar uma situação de potencial perigo.

 

Dos calafrios na defesa. Tem-se notado a falta de Cédric, hoje notou-se também a falta de Eric Dier: oxalá recuperem a tempo do decisivo jogo contra o Paços de Ferreira. O banco sportinguista é curto, também no reduto defensivo.

 

Dos assobios. Entradas gratuitas para sócios não deviam constituir via verde para o público assobiar a equipa. Mas, a certa altura, até parece que foi isso que aconteceu. Não gosto de ver nem de ouvir assobiar os nossos jogadores. Nunca gostarei.

64 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D