Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Glória

        

                                         

Agora que regressamos às competições europeias de clubes e assistimos, mais uma vez, ao recrudescimento indecoroso do  espectáculo  que nos é regularmente dado pela imprensa, ao promover  da forma mais acéfala e intelectualmente abjecta o desempenho internacional das equipas portuguesas - aqui se incluindo, quando é o caso, a selecção - perco-me em congeminações sobre os motivos por que, no nosso país, os jornalistas desportivos são, aparentemente, os únicos que se consideram desobrigados do respeito pelos deveres fixados no Estatuto do Jornalista. Rigor, isenção, independência, rejeição do sensacionalismo, demarcação clara de factos e opiniões e muito mais, quando os clubes e selecção portugueses defrontam estrangeiros? Vou ali e já venho.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    João Paulo Palha 15.02.2013

    Tive. Por sinal, é uma posição que sempre defendi e que tenciono manter. Este não é, obviamente, o forum mais adequado para debater a questão em profundidade, mas posso dizer-lhe que tenho demasiado respeito pelo papel de uma imprensa livre e independente para admitir que, seja qual for a área da nossa vida colectiva e sejam quem forem os jornalistas, estes fiquem isentos de informar com rigor e isenção. Para fazer propaganda, haverá outros profissionais.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D