Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

É tempo de unir os sportinguistas num Congresso de fervor clubístico*

Não é seguramente do desconhecimento de um único sócio ou adepto do Sporting o momento infeliz que a equipa principal de futebol atravessa tendo-se sobre esta temática já escrito demasiadas coisas. Não contribuirei mais para essa análise. Assim, muito mais importante do que o dissecar do presente – sendo que o presente é o actual campeonato da Liga - importa, a meu ver, tratar do futuro.

E o futuro implica ter a certeza de que o Sporting saberá atravessar esta crise de resultados e perpetuar a sua presença firme como “grande” do futebol português que é, livre de maiores constrangimentos do que aqueles porque tem passado. Vem isto a propósito de um pedido de alguns sócios destinado à realização de uma Assembleia Geral Extraordinária do clube visando o derrube da actual Direcção, pedido este especialmente crítico para com o Presidente do clube, Luiz Godinho Lopes.

A par deste, e com intuito, também, de ouvir de forma alargada os sócios, um grupo de associados resolveu solicitar a convocação de um órgão que reúne periódicamente, e que é, de acordo com os Estatutos do clube, o Congresso Leonino. Trata-se, no meu entender, de uma feliz iniciativa porquanto permite discutir de uma forma mais abrangente a situação do clube, sem prejuízo de nele se poder fazer uma crítica ao que menos bom tem acontecido no Sporting nos últimos meses. Aqui chegados, e perante dois pedidos de dar a palavra aos sócios, a decisão está agora primeiro nas mãos da Mesa da Assembleia Geral. Recorde-se, a este propósito, que o PMAG anunciou publicamente que seria importante dar a palavra aos sócios, mas não divulgou a forma como entendia que a mesma deveria ser efectivada.

Sabendo-se que os compromissos financeiros do clube, que ascendem a muitos milhões por mês, não podem estar dependentes de uma qualquer AGE que, por mais legitimidade estatutária que tenha - e esta ainda se desconhece se o terá - vise, tão só, derrubar a actual Direcção sem que se vislumbrem quaisquer alternativas no horizonte, é desejável que o presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, Eduardo Barroso, que possui, assumidamente, e nas palavras do próprio, “o coração ao pé da boca”, tenha, independentemente disso, o suficiente sentido de responsabilidade para perceber que o futuro Sporting é demasiado importante para que possa ser posto em causa por uma iniciativa de sócios que, pese embora o seu indiscutível fervor clubístico, não leva em conta aquelas que são as pesadas responsabilidades do clube e em nada contribui para assegurar o futuro do Sporting.

É, pois, altura de ouvir os sócios, sim, mas ouvi-los de forma a que se possa conciliar o normal exercício de gestão de uma Direcção que foi eleita pelos sócios com o também normal processo de auscultação dos Sportinguistas em reunião alargada dos mesmos. E esse desiderato só o Congresso Leonino, e nenhuma outra reunião, permite assegurar na plenitude.

 

*Artigo publicado hoje no Jornal do Sporting

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D