Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Desejos para 2013*

Gostava de colocar no primeiro item da minha lista de desejos que o Sporting fosse campeão nesta época. Infelizmente não vai ser possível.

Gostava que os nossos adeptos fossem mais amigos do Clube e quando fossem aos jogos não saíssem a meio ou antes do jogo terminar porque estamos a perder. Não sei se vai ser possível.

Gostava que as pessoas com visibilidade pública do Sporting não se empenhassem em fazer do Sporting o motivo de chacota das conversas para os próprios terem uma suposta aura de credibilidade e independência. Mas porque os seus egos são do tamanho do mundo sei que isto não vai ser possível.

Gostava que os jogadores do Sporting jogassem como equipa e não como se cada um deles se achasse a última Coca-Cola do deserto. Tenho muitas dúvidas que isto seja possível.

Gostava que as supostas contratações que vêm em Janeiro trouxessem unidade e estabilidade à equipa e regressássemos às vitórias. Temo que novos jogadores não signifique isso mesmo, por isso, também, não vai ser possível.

Gostava que o futuro canal de televisão do Clube fosse uma forma de dar visibilidade ao Sporting e aumentar as suas receitas. Quero acreditar que isso é possível.

Gostava que a expansão internacional da marca Sporting se traduzisse em mais verbas para o Clube e uma maior respeitabilidade. Interna e extena. Mas enquanto não forem mudadas as regras da SAD e do Clube, ninguém vai investir se não mandar. Não sei se vai ser possível.

Gostava de afastar o sentimento que me assola de que “para o ano é que é”. Podemos não ganhar nada, ter uma época miserável, mas gostava de ir ao Estádio e sair de lá contente. Quero acreditar que algumas vezes poderá ser possível.

Gostava que, de uma vez por todas, acabassem as críticas à estratégia da actual Direcção. Têm um mandato, foram eleitos. E quando as próximas eleições surgirem, então que sejam disputadas e discutidas. Isto, todos nós, do Sporting, sabemos que não é possível.

Gostava de continuar a escrever aqui sobre as alegrias que o Sporting me dá e partilhar convosco as memórias do meu sportinguismo. Numa altura em que nos agasta falar do presente, é melhor recordar o passado e olhar para o futuro. Este ponto depende apenas de mim, pelo que, acredito, será possível.

Gostava de desejar, a todos os sportinguistas em geral e, em particular, aos que têm a paciência de me ler e acompanhar os meus desabafos, um excelente ano de 2013! Também aqui, não sei se será possível...

 

*Artigo publicado no jornal do Sporting no passado dia 3

1 comentário

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D