Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Trocado por Kadu e não sei o quê Lopes? Ah, ah,ah

Qualquer resquício de complacência que eu possa ter relativamente a esta direcção perder-se-á em definitivo se o negócio de Izmailov avançar nos termos que têm sido sugeridos pela comunicação social. Se o jogador for para o Porto, cujos pragmatismo e profissionalismo são, nesta matéria, sobejamente conhecidos, não acredito, nem por breves momentos, que os seus tão propalados problemas físicos sejam uma história bem contada, parecendo-me mais provável que tenham decorrido de uma estratégia pessoal com objectivos desconhecidos. Ou alguém acredita nessa de o Porto se propor contratar um jogador sobre cuja saúde física têm sido levantadas tantas dúvidas? Se há erro de amador será esse e não o cometerá o Porto nem nenhum outro clube, a não ser que  o Izmailov se ofereça para uns números grátis. Presumo, portanto, que se o Porto quer o jogador é porque ele se encontra em boas condições físicas e concluo que a sua participação soluçada no decurso das últimas épocas obedeceu a motivações  que permanecem ocultas. E, de qualquer maneira,  se o Porto o quer, não haverá mais quem queira, por esse mundo fora?

 

São enormes as dificuldades económicas e financeiras que o nosso clube atravessa - o nosso e todos os outros - mas há que preservar a dignidade. Não um mínimo de dignidade, como muitas vezes se diz e se escreve, em mais uma frase vazia, mas um máximo, que é o que todos os sportinguistas têm o direito de exigir da direcção. Nestas circunstâncias, esta, por muito penoso que tal possa ser,  não deve deixar-se levar apenas por considerações de cunho estritamente materialista. Por mim, o Izmailov para o Porto não sairia e, se tal se mostrasse necessário, não jogaria nem mais um minuto até ao  termo do contrato.

 

E é preciso pensar no avolumar de precedentes que mais um destes casos constitui. Começa a parecer que não há nada tão fácil como sair do Sporting e ir para o Porto. Até, talvez, nem seja, propriamente, esse o caso de Izmailov, mas, a julgar pelo passado recente e a manter o caminho que a direcção indica querer seguir, uma birra, um amuo, algumas cenas de choramingas, umas palmadas no chão e aí vai disto. E, a continuar assim, dentro de pouco tempo, não será só para o Porto.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D