Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Uma questão cultural

Sim, é verdade: temos a cultura da desistência rápida, só aceitamos sacrifícios quando e se impostos. A história, a nossa, nos daria exemplos tantos. E na competição desportiva eles multiplicam-se também. Ou os adversários são «demasiado fracos» ou «estão ao nosso alcance» e partimos cheios de nós, sem humildade e com pouco espírito de combate - e, depois, as coisas complicam-se. Ou chegamos a um bom resultado ao intervalo e desligamos - e, depois, as coisas complicam-se de novo. Os adeptos, açulados pela imprensa (que devia ser mais rigorosa e sabedora, mas não é...), acham sempre que é facil, que somos os melhores do mundo, que o nosso campeonato é ao nível dos melhores da Europa (que é isso da Hoalnda ou da Bélgica, etc?). E, depois de novo, vêm as deceções. Por culpa própria, já se vê. Como se viu no futsal, com o Japão e com a Itália. Primeiro, pé no acelerador e 5-1 (na primeira parte, ao Japão) ou 3-0 (na primeira parte, à Itália). Depois, «ja está no papo» e desaceleramos... No final, somos derrotados e voltamos para casa lamentando erros e má sorte. Sempre o mesmo disco. Como diz o filosofo chinês: «para tudo é preciso ter sorte, mas a sorte dá muito trabalho». E nós, quando estamos a meio das coisas, das lutas, queremos logo desistir porque já estamos cansados ou acreditamos que tudo o que se consegue apenas no final já está realizado a meio. E tumba! lá vem a derrotazinha. Que nos falta? Espírito competitivo a sério, esforço a sério até final. Uma questão cultural, como lembrou Paulo Bento há pouco tempo, num dos jogos ganhos pelas pelinhas pela nossa seleção de estrelas. Foi assim no futsal. Foi assim no Gabão, onde fomos gamar 800 mil e saímos de lá com (ou sem ) vergonha. Somos os melhores, pá.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D