Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de ontem

Gostei

 

Da hora do jogo. O campeonato teria imenso a ganhar com mais jogos disputados à tarde, no fim de semana, como hoje sucedeu com o Sporting-Estoril, iniciado às 18.15. A festa do futebol também passa por isto.

 

Do público. Compareceu em grande número - 36 mil adeptos - e nunca deixou de apoiar a equipa.

 

De Izmailov. A prova viva de que um jogador por vezes faz a diferença. Foi o suplemento de qualidade no Sporting enquanto teve força física para se movimentar em campo.

 

De André Martins. Numa equipa que tarda em encontrar um exímio marcador de livres, coube-lhe o melhor lance de bola parada - que só não deu golo devido a uma grande defesa do guardião do Estoril. Saiu também dos pés dele a excelente assistência para o golo do empate, marcado por Wolfswinkel. Cada vez mais me convenço que devia ser titular da equipa.

 

De Viola. A subir de rendimento. Uma promessa que começa a tornar-se realidade.

 

Do Estoril. Porque mereceu o empate. E em largos períodos do jogo mereceu até a vitória.

 

 

Não gostei

 

Do jogo. A vitória, embora tangencial, contra o Gil Vicente na segunda-feira deveria ter servido de tónico ao Sporting. Mas isso não sucedeu. A equipa entrou em campo tão ansiosa e tão atabalhoada como na partida anterior.

 

Da falta de consistência da equipa. Jogo empastelado a meio-campo, falta de eficácia nas alas, defesa desconcentrada, múltiplos passes falhados e contínua falta de pontaria no momento do remate.

 

Da falta de exigência. Andamos a contentar-nos com o mal menor: empatar com o Estoril, após uma exibição sofrível, já nos faz respirar de alívio. Isto não pode continuar assim.

 

Das declarações de Sá Pinto. "Não fomos Sporting durante 60 minutos", declarou o treinador no fim do encontro. Jogavam em casa, apoiados pelo seu público, contra uma equipa recém-promovida ao escalão principal. Se nem assim conseguem "ser Sporting", é preciso explicar porquê.

 

De sofrer tanto. Começa a ser sina dos sportinguistas neste campeonato.

 

Dos pontos perdidos. E vão nove.

11 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D