Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

O regresso da Quinta Coluna?

O Sporting Clube de Portugal tem este ano um dos melhores plantéis da ultima década. Tem soluções de qualidade no banco bem como o projecto Sporting B parece começar com o pé direito.

O Sporting Clube de Portugal tem um treinador idolatrado pela Juve Leo, um treinador elogiado até há muito pouco tempo pelas bancadas, mesmo quando os jogadores eram assobiados.

As mesma bancadas que hoje enchem Rui Patrício de elogios e que são precisamente as mesmas que o assobiaram muitas vezes de forma cruel durante fases menos boas na carreira do jovem guardião da Selecção Nacional!

O Sporting Clube de Portugal tem uma situação financeira arrepiante, terá de ter sucesso obrigatoriamente este ano de forma a aumentar receitas de publicidade e assistências, mas especialmente para vender desalmadamente activos a excelente preço... ou enfrentar um pesadelo.

O Sporting Clube de Portugal  arriscou num treinador dos juniores que conseguiu uma série de segundos lugares com plantéis medíocres e reforços para encher bolso alheio ou anedotário, como o Pongolle! Esse treinador é hoje seleccionador nacional e não demonstra grande gratidão, dizem-me.

O Sporting Clube de Portugal  tratou como maçã podre um ex-capitão, merecidamente, mas hoje esse cidadão é o pêndulo duma equipa vitoriosa na Cidade Invicta.

O Sporting Clube de Portugal  "ofereceu" ao rival de Carnide a base de dados dos talentos da prospecção e continua a ser roubado, como aconteceu com um par de avançados dos juvenis.

O Sporting Clube de Portugal tem a sorte de ver nomeados árbitros mesmo a jeito. Dos outros.

O Sporting Clube de Portugal  tem o azar sempre à espreita, numa trave ou num livre bem marcado pelo adversário.

O Sporting Clube de Portugal...... não é nada disto, mas há quanto tempo era "diferente"? Desde o João Rocha? Talvez...

 

Sinceramente, acreditam que o problema é o Sá Pinto? Mesmo?

 

Pode não ser o génio da táctica como qualquer treinador de bancada em Alvalade, pode não ser o brilhante condutor de homens com capacidades supra-humanas de motivação, o próximo mini-Mourinho, pode não ser aquilo que queremos nos jogos em que perdemos ou empatamos, sempre a proteger a equipa, mas... não merece provar o fel da Quinta Coluna de Alvalade.

 

A tralha que empesta há muito as páginas dos jornais desportivos e não só com a pestilência dos boatos de corredor e alegadas novelas de balneário. A pedido ou por necessidade pessoal, por vingança ou ganância, muitos detalhes internos do SCP acabam nos jornais, para gáudio de uma vara de comentadores que batem no SCP porque sim, porque não, porque talvez, com e sem razão e mais ainda!

 

Se compreendo o que se passa com o Insúa, o que levou o Adrien a jogar tanto nos primeiros jogos, porque não existe alternativa ao Wolfswinkel, por que raio temos de iniciar todos os jogos com dois médios defensivos, em termos posicionais, porque é que entra sempre o André Martins e quase nunca o Labyad, se sei para que posição veio o Viola... não, não sei nada disto. Não faço qualquer sombra de ideia.

 

Amo este clube, que é para mim maior que a própria vida. Respeito o desporto com regras, princípios e valores, como um sportiguista deve.

Tenho as costas largas para o gozo dos adversários, mas já com demasiadas cicratrizes abertas.

A tendência para a auto-flagelação sportinguista dos últimos anos (muitos) começa a ser insuportável!

Querem assobiar? Fiquem em casa. Querem mudar mesmo algo?

Então mexam o rabo do sofá, paguem as quotas e votem nas eleições, participem nas Assembleias Gerais, manifestem-se em frente à sede, ajam!

É tão fácil mandar bocas na esplanada ou na bancada. Saltitam pelas imperiais e escorregam por entre os tremoços e as alcagoitas...

Uma colectividade pacífica de revoltados é mesmo o que somos!

Basta ver como esta atitude deixou Portugal... à beira do abismo. 

O Sporting Clube de Portugal  já està à beira desse abismo. Queremos dar o passo em frente? Mesmo?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Paulo Ferreira 23.09.2012

    Obrigado pelo elogio, é recebido com sincero orgulho.
    Em relação ao Paulo Bento, de quem fui sempre, desde os juniores, apoiante, suportou erros e novelas, comédias e tragédias, levando a equipa a superar-se bem acima do real valor, especialmente o valor dos dirigentes!
    As questões que me falam de ingratidão são a não convocação de alguns jogadores da nossa casa, ao contrário de alguns favores (normais em qualquer seleção de top mundial, digam o que disserem) a outros clubes.
    E o detalhe dum suposto veto a um jogo da selecção na nossa casa....

    Estou tão farto da incompetência dos que estão e da ingratidão dos que saem que, admito, posso ficar exagerado na reacção a pequenas coisas, como as que estamos a falar.

    Um abraço
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D