Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Oração de sapiência

O recém-discurso de Luís Filipe Vieira - já aqui referido no «post» do José Manuel Barroso - clamando a sensatez e o equilíbrio da sua política de gestão, que inclui a venda de jogadores visando garantir a sustentabilidade do clube e apontando ao «caminho da credibilidade e da responsabilidade», terá impressionado os benfiquistas mais distraídos ou ingénuos, considerando que durante os dez anos do seu consulado o passivo do clube quadriplicou para cerca de 500 milhões de euros e a dívida à banca sofreu um acréscimo proporcional. Em plena campanha eleitoral, e completamente em linha com a confrangedora cultura benfiquista, o presidente dos «encarnados» não resistiu a fazer alusão à pretensa superioridade do clube da Luz, adiantando críticas àqueles que resistiram a vender jogadores à custa de «prejuízos milionários» e operando sob uma «magia ilusória» - ficando no segredo dos Deuses a que clubes ele se refere. Mas o que mais me «sensibilizou» da oração foi a sua afirmação de que o futuro do clube da Luz vai ser constituído na sua maioria por atletas formados nas escolas e que no ano passado «foram chamados 42 atletas do futebol da formação do Benfica às diferentes selecções nacionais», um número «nunca antes atingido por qualquer outro clube». Uma afirmação bombástica que só pode deixar um qualquer observador estupefacto. Em primeiro lugar, o Benfica nunca teve e ainda não tem futebol de formação, no real enquadramento do conceito - algo muito distinto de ter equipas a competir nos diversos escalões etários, especialmente com o intuito único de armazenar títulos que ajudem a propagar o mito da grandiosidade do clube. Aliás, analisando o seu plantel principal e até a equipa B, é deveras evidente que a referida formação não passa de uma fantasia. Não refuto os alegados 42 atletas benfiquistas chamados às selecções nacionais no ano passado - de certo que não se refere à selecção principal - porque não me dei ao trabalho de investigar os respectivos registos, mas mesmo admitindo a exactidão desse número, pasma as informações ao dispor do presidente benfiquista para clamar que «nunca antes» um outro clube tinha conseguido esse feito. Por fim, apenas o acto eleitoral que se aproxima ajuda a compreender a súbita preocupação de Luís Filipe Vieira com a situação enconómica do país, como se esta condição fosse algo que já não existe há anos ou, então, ele tem andado distraído. Será justo adicionar esta sua «oração de sapiência» ao seu já célebre almanaque, que inclui algumas das mais notórias clamações da história do futebol português:

 

- 27/04/2002 - «Temos a coluna vertebral do futuro campeão europeu».

 

- 19/04/2003 - «O Benfica será mais forte que o Real Madrid».

 

- 17/04/2005 - «Vamos arrasar pela Europa fora».

 

- 29/04/2006 - «Depois do verão, seremos o maior clube do mundo».

 

Luís Filipe Vieira atrasou-se este ano porque, como o almanaque evidencia, o mês de Abril é o seu favorito para declarações bombásticas. Fica a sensação de que ele alarga ao mês, o dia das mentiras.

 

E, para terminar, a minha favorita: «Vocês já me conhecem um pouco, não sou homem de protagonismo. Sou um homem discreto. Se não chegar aos 300 mil sócios até 2008, demito-me». 

4 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D