Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Partidas e chegadas: um saldo positivo

Neste meu pontapé de saída no “És a nossa Fé!”, e na ressaca do fecho do período de transferências, decidi fazer uma pequena análise das alterações verificadas no plantel do Sporting. Entre partidas e chegadas, o saldo parece-me francamente positivo.

 

Longe vão os tempos da política de contratações/dispensas miserável e medíocre que não nos dava sequer motivos para grandes ilusões. Complementando a revolução de há um ano, parece-me que, esta época, o Sporting esteve exemplar no reforço da sua equipa, conjugando a satisfação das necessidades do plantel com a inevitável contenção financeira. Desde logo, satisfez-me ver o Sporting apostar em dois jovens da sua formação e que foram grandes destaques da época passada: Cédric e Adrien (que renove depressa!). Já o dinheiro gasto em transferências, para além de ter sido compensado com as vendas, parece bem aplicado: Rojo mostra ser o central que o Sporting há muito precisa e Viola promete ter um futuro brilhante (dois cenários que só o tempo confirmará).

 

Mas o mais louvável na actuação do Sporting no mercado tem que ver com as contratações conseguidas a custo zero (ou quase), por serem excelentes oportunidades de negócio ao alcance apenas de quem está atento. Desde logo Labyad, que parece ser dono de um talento inesgotável e que, bem trabalhado, vai dar um enorme jogador. Depois, dois jogadores experientes, internacionais (estiveram no último europeu) e polivalentes que, apesar de não chegarem rotulados de craque, chegam para emprestar ao plantel uma utilidade fundamental: Pranjic e Boulahrouz. De Gelson, confesso, é o que tenho menos expectativas.

 

Em sentido inverso, de todas as saídas, só há uma que me deixa verdadeira pena: Onyewu. Porque sempre mostrou ser um profissional exemplar e sentir a paixão que a camisola do Sporting merece, mas, essencialmente, porque é um excelente jogador, melhor opção que Xandão e Carriço. É uma saída que me custa bem mais do que as saídas de João Pereira (que tem a óptima consequência de abrir espaço para o Cédric) e de Matías (muito talento, pouca regularidade).

 

Outra das grandes notícias deste início de época foi a renovação de Rui Patrício, dado como certo fora de Alvalade até há umas semanas atrás, acompanhada por palavras dignas de quem enverga a nossa braçadeira.

 

Dito isto, e tendo em conta que para uma base substancial do plantel já é pelo menos o segundo ano no clube e os processos de adaptação - ao clube, ao país, ao futebol português e aos companheiros - estão completos, o Sporting tem obrigação de fazer bem melhor do que na última época. Assim saiba Sá Pinto usar estes novos ovos para fazer uma omelete melhor.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Tiago Loureiro 03.09.2012

    Obrigado pelas boas-vindas :)

    Por acaso, o Cédric tem-me feito esquecer que perdemos o João Pereira. Até agora não se nota grande diferença e o acho Cédric só pode melhorar. Espero que em breve lhe seja dada a oportunidade de discutir com ele o lugar na selecção.

    Quanto à contratação do ponta-de-lança, admito que teria sido pertinente. Mas pode ser que essa insuficiência abra espaço para que se aposte no Viola, no Rubio ou, especialmente, que se dê uma oportunidade ao Betinho. Valem mais do que um Bojinov ou um Ribas :)
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D