Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

2021 em balanço (4)

6155d59da9fab.jpeg

 

CONFIRMAÇÃO DO ANO: MATHEUS NUNES

Este ano que terminou vai ficar marcado na carreira do luso-brasileiro Matheus Luiz Nunes. Foi o ano da consagração dele no Sporting. O ano em que se firmou como titular da equipa, dando forte contributo para nos sagrarmos campeões nacionais após um penoso jejum que durou quase duas décadas. Essencial também na conquista da Taça da Liga, em que renovámos o título de campeões de Inverno - sobretudo na meia-final contra o FC Porto, a 19 de Janeiro: Matheus saltou do banco para trazer adrenalina e velocidade à nossa zona intermédia, impondo-lhe dinâmica ofensiva. 

Na memória dos adeptos ficaram outras vibrantes actuações deste médio em jogos decisivos. Como o Benfica-Sporting, a 1 de Fevereiro: foi ele o melhor em campo, marcando o golo do nosso triunfo - o primeiro contra o velho rival em Alvalade desde 2012. Como o Braga-Sporting, a 25 de Abril: foi também dele o solitário golo que nos garantiu os três pontos, num remate cruzado fuzilando a baliza minhota.

Vocacionado para desafios fundamentais. Assim é este jovem de 23 anos residente desde os 13 em Portugal que fomos buscar em Janeiro de 2019 ao Estoril por apenas 500 mil euros - uma das mais sábias aquisições da era Varandas. Tem desenvolvido muitas aptidões sob o comando de Rúben Amorim, que justamente o promoveu a titular indiscutível do onze leonino já nesta temporada, após a saída de João Mário.

Médio versátil, que tanto pode jogar a 6 como a 8 e até já actuou como lateral e extremo, Matheus tem características que a massa adepta aprecia: domina bem a bola, sabe transportá-la com qualidade e critério. Além disso, na hora do remate não sofre de complexos perante a baliza: só quer metê-la lá dentro.

Outra consagração chegou-lhe em 2021 ao receber a primeira convocatória para a selecção nacional de futebol: a 30 de Setembro foi chamado por Fernando Santos para se juntar à equipa das quinas. A estreia ocorreu a 10 de Outubro, num desafio em que derrotámos por 3-0 a selecção do Catar. «Estou muito feliz com a minha estreia. Vou trabalhar o máximo no clube para ser chamado aqui», declarou na altura. Para trás ficara a recusa, que assumiu perante o seleccionador Tite, de alinhar pelo escrete canarinho.

Contamos com Matheus Nunes para a revalidação do título - o bicampeonato que nos foge há 70 anos. E para a dobradinha que perseguimos sem sucesso desde 2002. Ele tornou-se uma peça fundamental no xadrez futebolístico de Amorim. Em parceria com Palhinha, Ugarte ou Daniel Bragança, actuando mais em contenção ou mais em transição, tanto faz. Tem fibra de campeão: isso é o que mais importa.

 

Confirmação do ano em 2012: André Martins

Confirmação do ano em 2013: Adrien

Confirmação do ano em 2014: João Mário

Confirmação do ano em 2015: Paulo Oliveira

Confirmação do ano em 2016: Gelson Martins

Confirmação do ano em 2017: Podence

Confirmação do ano em 2018: Bruno Fernandes

Confirmação do ano em 2019: Luís Maximiano

Confirmação do ano em 2020: Palhinha

4 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D