Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Stress pré-final da Taça

O meu stress no que respeita a aquisição de bilhetes para a Final da Taça de Portugal continua. No sítio da FPF apareceu entretanto a notícia que a partir do dia 2 (hoje) os bilhetes ficariam à venda.

Registei-me antecipadamente e esta noite pelas 0 horas acedi.

No local da bilheteira virtual estavam à venda unicamente bilhetes para dois jogos da seleção. Aguardei até à uma da madrugada à espera que aparecesse alguma referência à Final. Nada, zero, nem um pio.

Fui-me deitar. Perto das seis da manhã levantei-me e fui ao portátil, que ficara toda a noite ligado, poupando assim tempo para aceder. Também não apareceu nada.

Só às seis e 52 surgiu a referência à Final da taça já com a indicação de estava no lugar 2507. Por baixo havia um aviso para não fazermos actualizações à página pois ela fá-lo-ia automaticamente.

Fiquei sempre atento à informação e perto das sete já estava abaixo do número 2000. Continuei ligado até chegar ao lugar 1663.

Às sete e um quarto aparece um quadrado verde a dizer que a minha sessão fecharia daí a 8 minutos.

Já no carro deixei de ter acesso. Página em branco para meia hora depois aparecer a indicação que já não havia eventos com bilhetes disponíveis. Nem da selecção.

Imagino que a procura ultrapasse, e muito, a oferta, mas a FPF deveria ter uma forma mais amiga de explicar as coisas aos interessados.

Digo eu… que não percebo nada disto.

Memórias de Peyroteo (15)

(cont.)

 

« O DIONÍSIO FOI BUSCAR LÃ E… VEIO TOSQUIADO!!!

 

Por ter relação com a minha primeira internacionalização, parece-me ser este o lugar apropriado para colocar o curioso episódio que vou contar.

O saudoso Dionísio Hipólito foi, como já ficou dito, o massagista, da Selecção Nacional de Futebol que jogou na Alemanha e Itália. Também ele estava interessado em saber qual de nós - eu ou o Espírito Santo - ocuparia o posto de avançado-centro no encontro de Frankfurt. Por isso nos dizia a cada passo: - “Vocês vão ver como hei-de ser eu o primeiro a saber qual de vocês joga… Tenho cá os meus “planos”. Amanhã conversaremos”.

Desconhecíamos quais eram esses “planos” do Dionísio, mas tanto eu como o Guilherme não acreditávamos muito na hipótese do nosso massagista vir a saber algo de positivo sobre o assunto. No entanto, podia ser que ele tivesse as suas razões.

Sexta-feira; na sala de entrada do Hotel “Excelsior”, em Frankfurt, estava eu, o Guilherme, mais dois ou três jogadores e Cândido de Oliveira - que se encontrava um tanto desviado de todos, sentado à secretária escrevendo qualquer coisa. De repente entra o Dionísio, olha para mim e Espírito Santo, chama-nos e diz-nos: - “Agora é que é a ocasião de atacar o “homem”… Vou falar ao Cândido e Vocês vão ver como ele me dirá quem joga depois de amanhã”. Veja lá o que vai fazer, dissemos-lhe! Mas o Dionísio, muito senhor do seu “plano de ataque”, respondeu: - “Não se apoquentem ; a minha ideia vai dar resultado, essa lhes garanto eu; já sou rata velha II!”- E pode saber-se qual é a “táctica” que vai empregar para “levar no rol” o Sr. Cândido? O Dionísio, em surdina, disse: - “O plano é este: Tenho que massajar os jogadores, mas só os que jogarem… porque os suplentes não precisam, e assim terei menos trabalho. Portanto, perguntando ao Cândido quais são os jogadores que devo massajar, ele dirá: fulano, beltrano e tal… e eu fico a saber quem jogará no domingo!!!” Veja se os seus cálculos lhe saem furados, retorquimos… - “E- garantido, vocês vão ver” - afirmou o Dionísio, e dirigiu-se ao nosso Seleccionador.

A conversa entre Cândido de Oliveira e o massagista não demorou mais do que dois minutos. Mais vermelho do que a camisola do seu clube - o Benfica, claro - veio o Dionísio ter comigo e com o Guilherme e contou-nos o resultado da conversa:

- “Por esta é que eu não esperava!!! Que grande maroto me saiu o Cândido… Estou aqui pior do que uma fera!” - Conte lá, conte lá o que lhe respondeu o nosso Mestre… E o Dionísio, coçando os poucos cabelos que lhe restavam, disse:

- “Fiz-lhe a pergunta: quais os jogadores que devo massajar, Sr. Cândido de Oliveira, para o jogo de domingo, e ele respondeu-me apenas isto: “Massaje todos, porque todos são jogadores da equipa…

Entre estrondosas gargalhadas, o Dionísio ainda teve forças para dizer: “E o pior de tudo é que tenho mesmo que tratar de todos…

Cândido de Oliveira, do cantinho da sala onde se encontrava, olhava-nos e sorria maliciosamente…

E o Dionísio massajou todos os jogadores da equipa, incluindo os suplentes…»

 

 

In: Peyroteo, Fernando - Memórias de Peyroteo. 5ª ed. Lisboa : [s.n.], 1957 ( Lisboa : - Tip. Freitas Brito). pp. 119- 120

O Alquimista

Um título numa "modalidade", 24 anos depois do último - eu nunca vira uma primeira página do "A Bola" entregue ao voleibol, talvez minha desatenção, talvez não. Com toda a certeza efeito do Sporting-Benfica do jogo do título, do Sporting-Benfica quase-decisivo no futebol da próxima semana, mas também efeito do "furacão Bruno", lágrimas e desafios no final. Um bom artigo no diário lisboeta sobre o processo económico-financeiro do clube - eu não percebo nada do assunto mas o texto está escorreito, ponderado. Os que compreendem bem que interpretem se há sub-texto, a mim parece-me que não. Ou seja, um bom processo de recuperação económica e um bom texto a divulgá-lo. Farpas bem colocadas no dorso do SLB, a braços com uma(s) investigação(ões) sobre os seus últimos anos, que mostram ser o clube absolutamente compatível com o mau rumo dos poderes do país nesta triste era de desmandos. A engraçada derrota do "rival", a já célebre "tondelada", a tornar risonhas as nossas hostes - a "desgraça" dos vizinhos, notoriamente sem-graça nesta ponte de feriado, é sempre engraçada.

Este Bruno é um alquimista, junta os ingredientes no caldeirão, de uma forma que só ele entende. E dá poção? E não é que dá poção?

"Tetra" ou treta?

Cento e sessenta e três jogos de cinco épocas estão a ser investigados pela Polícia Judiciária e pelo Ministério Público.

As mais altas instâncias da investigação criminal portuguesa.

 

Pormenor fundamental: são todos jogos do Benfica. Campeão "tetra". Ou melhor: campeão da treta.

Como ficará demonstrado, estou certo disso.

Miguel Maia, 47 anos, campeão nacional

"O presidente falou connosco ontem mais de uma hora, com todo o plantel. Ao contrário do que muita gente pensa - que o presidente é isto, que o presidente é aquilo - o presidente é um valente, uma pessoa com um coração enorme, uma pessoa que ama o Sporting, uma pessoa que esteve sempre connosco, principalmente nas alturas difíceis, e deu-nos uma força interior para conseguirmos e virar um resultado e conquistar uma vitória que parecia difícil".

"Isto é o Sporting: é ter coração, é lutar até ao fim e que isto seja extensível a todas as modalidades, nós estamos com todas as modalidades, gostamos de todas as modalidades e o Sporting tem de ser assim, todas as modalidades também estão connosco, estamos todos unidos e o Sporting é muito forte, é muito grande e demonstrou aqui hoje que será cada vez maior".

"Maio, maduro maio, quem te pintou..."

Foi e será o Sporting, e de verde, acrescento eu.

Ontem foi o primeiro título, muito, muito saboroso no Voleibol. Por ter sido no regresso da modalidade, por ter sido 23 anos depois e por ter sido como foi e contra quem foi. Vibrante e repleto de emoções. Dia 1 de maio de 2018, para recordar. E com uma menção especial, justissima: Miguel Maia! 

Domingo, às 15 horas no Estádio de Alvalade, as nossas leoas poderão tornar-se bicampeãs de futebol. Merecem um estádio com muitos sportinguistas (entrada grátis).

E também no domingo, mas à noite, às 20h, no pavilhão João Rocha, será a vez do Andebol. A vitória sobre o Benfica fará o Sporting ser bicampeão nacional. 

Dia 12, às 12:30h o Hóquei em Patins, com a final four da Liga Europa, em que disputamos com o Porto o acesso à final da maior competição europeia (no campeonato nacional o Sporting lidera a 4 jornadas do final).

Futsal, a uma jornada do fim da fase regular o Sporting é líder invicto (com mais 6 pontos que Benfica), realizando-se ainda este mês os quartos de final que poderão levar ao tricampeonato.

No dia 20, teremos a Taça de Portugal em futebol com o Desportivo das Aves (mas antes, já neste sábado um jogo que pode definir muita coisa no campeonato e, porventura no próximo, o jogo com o Benfica em Alvalade...).

 

(dedicado a todos os que desdenham das vitórias do Sporting, fenómeno que dá pelo nome de inveja ou dor de corno) 

Voleibol

 

Palmarés leonino 2017/2018

Sporting vence Benfica e sagra-se campeão nacional de voleibol.

 

Nadador João Vaz conquista em Paris título de campeão europeu de 200m bruços.

 

Equipa masculina do Sporting vence pela sétima vez consecutiva campeonato nacional de natação.

 

Sporting campeão europeu masculino de corta-mato.

 

Vitória leonina no campeonato europeu feminino de corta-mato.

 

Leão Davis Kiplangat alcança título individual no Europeu de corta-mato.

 

Sporting obtém título de campeão nacional de corta-mato masculino por equipas.

 

Equipa feminina de atletismo do Sporting conquista título nacional de corta-mato.

 

Rui Teixeira, em representação do Sporting, é o novo campeão nacional de corta-mato.

 

Catarina Ribeiro, atleta leonina, sagra-se campeã nacional de corta-mato feminino.

 

Sporting vence campeonato nacional de corta-mato em juniores feminino.

 

Rúben Sousa, atleta leonino, sagra-se campeão nacional de corta-mato em juniores.

 

Sporting conquista pela primeira vez a Taça da Liga em futebol masculino.

 

Inês Monteiro sagra-se campeã nacional de estrada em atletismo.

 

Atletismo: Sporting revalida título colectivo feminino no campeonato nacional de estrada.

 

Atletismo: Sporting campeão nacional de estrada (colectivo masculino).

 

Lorene Bazolo sagra-se campeã nacional de 200 m femininos em pista coberta.

 

Lorene Bazolo revalida título nacional com nova marca na prova dos 60 m em pista coberta.

 

João Vieira revalida título de campeão nacional dos 20 km marcha.

 

João Vieira sagra-se campeão nacional de 5000 metros marcha.

 

Miguel Marques é o novo campeão nacional de salto em comprimento em pista coberta.

 

Rubem Miranda sagra-se campeão nacional de salto com vara.

 

Ancuiam Lopes torna-se campeão de Portugal nos 60m em pista coberta.

 

Equipa masculina do Sporting revalida título, sagrando-se bicampeã nacional de judo.

 

Sporting vence Taça de Honra em futsal, derrotando Benfica na final.

 

Equipa feminina do Sporting conquista Taça de Portugal em triatlo.

 

Diogo Carvalho, mesatenista leonino, sagra-se campeão nacional sénior da modalidade.

 

Equipa feminina sénior do Sporting vence campeonato nacional de duplo mini-trampolim.

 

Seniores masculinios conquistam campeonato nacional de duplo mini-trampolim.

 

Leões superam Benfica conquistando Supertaça de ténis de mesa.

 

Sporting revalida Taça de Portugal em ténis de mesa masculino.

 

Ricardo Fernandes revalida título de campeão nacional de super-médios em boxe.

 

Sporting vence europeu de sub-15 em hóquei em patins derrotando Barcelona na final.

 

Judoca leonina Maria Siderot conquista título de campeã europeia sub-23 em -48 kg.

 

Taciana Lima sagrou-se campeã nacional de judo na categoria de -52 kg.

 

Wilsa Gomes conquista título nacional de judo na categoria de -57 kg.

 

Doina Babcenco é a nova campeã nacional de judo na categoria de -63 kg.

 

Judo: Miguel Alves conquista título de campeão nacional júnior na categoria de -81 kg.

 

Judoca leonino João Fernando é campeão nacional júnior na categoria de -73 kg.

 

Felipe Cruz sagra-se campeão nacional júnior em judo na categoria -60 kg.

 

Ana Agulhas, judoca júnior, conquista título nacional da modalidade na categoria de -52 kg.

 

Sporting vence supertaça de bilhar às três tabelas, derrotando o FC Porto.

 

Sporting sagra-se campeão nacional de padel.

 

Leoas Filipa Mendonça e Ana Catarina Nogueira revalidam título de campeãs nacionais de padel.

 

Tiro: Sporting obtém cinco títulos nacionais individuais e colectivos em carabina de ar comprimido.

 

Campeonato nacional de tiro com pistola de ar comprimido: sete títulos individuais e colectivos.

 

 

(em permanente actualização: os títulos mais recentes surgem a negrito)

Já em estágio!

Eu sei que o dérbi é só no próximo sábado à noite, mas isso não invalida que não esteja já em estágio para esse jogo.

Além de tentar perceber quem poderá jogar, preocupa-me acima de tudo a condição física dos jogadores leoninos que alinharem.

Parece que não, mas o próximo jogo é a quinquagésima oitava partida da equipa do Sporting, esta época. Nem imagino como se sentirão os atletas horas antes do jogo.

Entretanto aqui e ali vou lendo as gordas dos jornais desportivos que tentam a todo o custo alinhar notícias onde elas, claramente, não existem. Mas faz parte do ambiente que antecede estes desafios.

Digam lá o que disserem, até à hora do dérbi e mesmo já sentado no meu lugar, bem perto da claque adversária, vou estar uma pilha de nervos, especialmente porque temo que ao Sporting, num momento realmente importante, possa dar-lhe uma branca e deixar-se surpreender pela equipa rival.

Ou então até pode arrancar uma exibição de luxo e não deixar os seus créditos por mãos alheias. Seria aquela alegria…

Só que até ao início do jogo vou andar sobre brasas.

Desculpem, mas não sei ser de outra maneira.

Hoje giro eu - Sporting campeão

O Sporting acaba de vencer o Benfica, na "negra", por 3-2 (16-14 no último parcial), após salvar bola de encontro. Primeiro campeonato das modalidades conquistado no João Rocha.

 

Sporting campeão nacional de Voleibol, 24 anos depois !!!

 

SPOOOOORTING !!!

 

P.S. Grande festa da familia leonina. Ana Capeta (futebol feminino), Mathieu (futebol), Pedro Portela (andebol), jogadores de hóquei e de futsal vistos a apoiar a equipa de Voleibol. O "joker" foi João Simões que entrou muito bem no final do 3º set. Angel Dennis (42 anos) fez o ponto decisivo. Parabéns a todos os campeões, com um destaque especial ao capitão Miguel Maia (47 anos), 16 (!) títulos de campeão nacional, e ao treinador Hugo Silva. 

Balanço europeu

Fomos eliminados à tangente pelo futuro vencedor da Liga Europa.

Mas somámos vários pontos no ranking europeu, fomos de longe a equipa do futebol português com melhor prestação nas competições do continente, defrontámos três colossos do desporto-rei à escala mundial (Barcelona, Juventus, Atlético de Madrid) e demos um contributo essencial para que o Sporting recupere a partir da próxima época um lugar nas 25 primeiras equipas da tabela oficial da UEFA

Vencemos o Atlético de Madrid em casa, empatámos com a Juventus em casa.

Enquanto outros, também em casa, foram goleados pelo Basileia e pelo Liverpool.

Declarações de Abel no zerozero.pt.

 SC BRAGA CHEGOU À CENTENA DE GOLOS NA TEMPORADA

E dizer que este treinador não serviu nem para a nossa equipa B !!!!

100 golos, uma volta a marcar: Abel Ferreira explica a receita para o sucesso no Minho:

«Posso dizer-vos que quando os meus jogadores fecham os olhos, em posse de bola, eles sabem exatamente onde está cada jogador. Já vou entrar em pormenores, mas não vos quero dizer o segredo todo. A qualidade dos jogadores vai acrescentar algo mais à ideia de jogo, mas há uma base. Nós temos jogadas base e quem nos analisa sabe. O difícil é controlar isto mesmo», justificou.

«Se forem ver os golos marcados e golos sofridos eles estão muito bem distribuídos por todos os momentos do jogo, sendo que o maior número de golos desta equipa tem a ver com o seu processo ofensivo», acrescentou.

E num rápido olhar para os marcadores dos 100 golos do Braga esta temporada, percebemos que na equipa de Abel Ferreira existe uma... democracia do golo.

Entre os mais comentados

Nos 21 destaques feitos pelo Sapo em Abril para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 21 menções. Fazendo assim o pleno, sem falhar um dia. Para não variar.

Mais ainda: figurámos 19 vezes no pódio dos mais comentados - com seis "medalhas de ouro", oito de "prata" e cinco de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 21 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Rescaldo do jogo de hoje (90 comentários, o mais comentado do dia)

Farto (88 comentários, o mais comentado do dia)

Breves notas pós-jogo em Braga (54 comentários, o mais comentado do dia)

As vitórias morais (60 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Quente & frio (50 comentários, terceiro mais comentado)

Jamais será (80 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Sem título (130 comentários, o segundo mais comentado do dia)

Não havia necessidade (161 comentários, o mais comentado do dia)

O egomaníaco e alguns epígonos  (62 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Urticária (50 comentários, segundo mais comentado)

Sustentabilidade - As Obrigações da Sporting SAD (121 comentários, segundo mais comentado)

O homem não consegue ficar calado (66 comentários, segundo mais comentado)

Tudo ao molho e FÉ em Deus (especial) - Ganhámos, não foi? (59 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (50 comentários, terceiro mais comentado)

Quente & frio (52 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (46 comentários)

Rescaldo do jogo de ontem (38 comentários)

Qual BES, qual quê! (92 comentários, o mais comentado do dia)

Eu, eu, eu, eu, eu (76 comentários, o mais comentado)

Incentivo, carvão e e-mails (45 comentários, segundo mais comentado)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - Onda verde  (60 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 1530 comentários nestes postais.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Contas certas

Foi artigo de opinião publicado hoje no DN: Bruno de Carvalho anunciou que o Sporting vai ser detentor de 88,03% do capital da SAD já no final deste ano de 2018.

Eu confesso que contas de milhões me deixam um pouco atordoado, por isso se quiserem a coisa mais explicada podem ir aqui, ou aqui, mas para já o que sabemos é que o Sporting é cada vez mais "nosso outra vez".

O artigo, que me parece um excelente modo de comunicar não só com sócios e adeptos, mas também com quem se interessa pelo fenómeno, serviu também para deitar por terra algumas atoardas que a rapaziada encartilhada (talvez já informada desta reestruturação e do seu alcance) tem vindo a lançar por tudo o que é programa de televisão e compara os nossos números com os dos nossos rivais, o que é uma forma interessante de vermos o que o clube cresceu nos últimos anos.

Falta agora começar a vencer no futebol, para além das modalidades.

A nossa parte está feita, falta dar a palavra à justiça, agora.

A voz do leitor

«A mudança deve ser extensível à Sporting TV, onde o comentário prevalece sempre relativamente à informação que, efectivamente, é o mais importante. Hoje tudo é imediato. Queremos saber as coisas na hora. Tem de ser o clube a fornecer as informações em primeira mão. Deve ter profissionais dedicados, que se esforcem por dar aos adeptos aquilo que eles querem saber.»

 

Grande Artista e Goleador, neste texto do Ricardo Roque

Pág. 19/19

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D