Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

2018 em balanço (4)

19NZKNG7.jpg

 

 

CONFIRMAÇÃO DO ANO: BRUNO FERNANDES

Tornou-se uma espécie de unanimidade no futebol português: ninguém lhe nega elogios, todos lhe prestam tributo. Bruno Fernandes já se vinha destacando no início da época passada, logo após ter sido contratado pelo Sporting ao campeonato italiano, onde alinhava pela Sampdoria. Era então o capitão da selecção nacional sub-21, mas nunca havia alinhado ao mais alto nível nas competições portuguesas ao nível de clubes.

Brilhou de verde e branco mal se estreou em Alvalade, tendo agarrado de imediato a titularidade. Foi um elemento crucial no Sporting na época 2017/2018, em que conquistámos pela primeira vez a Taça da Liga e atingimos a final da Taça de Portugal. Terminada a época, já em Julho, foi distinguido como melhor jogador desse campeonato, superando a forte concorrência do portista Marega e do benfiquista Jonas.

Era um justo prémio às qualidades futebolísticas deste médio ofensivo agora com 24 anos que tem uma excelente visão de jogo, uma técnica apuradíssima e um raro poder de remate, nomeadamente nos pontapés de meia-distância. Qualidades que volta a evidenciar nesta primeira volta da época 2018/2019, já como segundo capitão da equipa, logo após Nani. Já com 13 golos marcados - seis no campeonato, três na Taça de Portugal, dois na Liga Europa e outros dois na Taça da Liga.

Para trás ficou um turbulento mês de Maio, com o ataque à Academia de Alcochete, seguido de várias rescisões unilaterais de contratos de jogadores leoninos - entre eles Bruno Fernandes, entretanto regressado a Alvalade por iniciativa de Sousa Cintra. Para trás ficara também a convocatória para o Mundial na Rússia, onde alinhou como suplente utilizado num certame que ficou aquém das expectativas portuguesas.

Recuperada a plena forma após um início de temporada menos vistoso, Bruno Fernandes volta a deslumbrar as bancadas do nosso estádio. «Sou um jogador que não lida da melhor maneira com as derrotas», assumiu ontem numa longa entrevista ao diário A Bola, confessando-se indiferente aos poucos que ainda lhe chamam Judas por se ter afastado esporadicamente do clube no mais triste Verão de que há memória em Alvalade, garantindo peremptoriamente: «Não ganhei um euro no regresso ao Sporting.»

Acaba de ser distinguido, pelo mesmo jornal, como jogador do ano. Sem favor algum: é uma distinção mais que merecida.

 

 

Confirmação do ano em 2012: André Martins

Confirmação do ano em 2013: Adrien

Confirmação do ano em 2014: João Mário

Confirmação do ano em 2015: Paulo Oliveira

Confirmação do ano em 2016: Gelson Martins

Confirmação do ano em 2017: Podence

4 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D