Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Nuno, Pizzi, Jonas e Xistra

O celebrado árbitro Carlos Xistra - convocado para o Benfica-FCP de ontem porque Jorge Sousa, putativo "segundo melhor árbitro português", voltou a lesionar-se - honrou as melhores tradições dos seus pares, deixando Jonas e Pizzi por sancionar com cartões mais que merecidos.

O caso de Jonas é particularmente escandaloso, porque abalroou ostensivamente o treinador do FC Porto na sua área técnica, numa agressão grosseira que todo o país desportivo devia condenar. Nuno Espírito Santo, há que reconhecer, não possui os dotes histriónicos do seu colega Lito Vidigal, que ao mais leve encosto se teria atirado para o chão simulando uma síncope cardíaca ou lesões gravíssimas na caixa craniana. Forçaria assim Xistra a expulsar Jonas, que ontem fazia anos. Seria uma enorme chatice.

Assim só faltou o árbitro cantar-lhe os parabéns a você e ajudá-lo a soprar a vela.

 

Equipa pequena

Leio na imprensa de hoje que adeptos, jogadores e dirigentes do FC Porto festejaram o empate de ontem da sua equipa na Luz.

Digam o que disserem, não me convencem: festejar empates é uma atitude própria de equipas pequenas. De resto, quando o treinador Nuno Espírito Santo deixou no banco André Silva - que vinha de marcar um golo e fazer uma assistência frente à Hungria, pela selecção nacional - num desafio desta dimensão deu logo sinal que vinha jogar para o empate.

Balanço do clássico: chegaram ao bairro de São Domingos de Benfica só a dependerem deles próprios. Saíram de lá sem essa condição e esse privilégio. E mesmo assim festejaram.

Contentam-se com muito pouco.

Senhores passageiros

Do alto da sua competência e do estatuto de melhor do Mundo na sua profissão, Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro viu esta Quarta-feira, 29 de Março, ser-lhe reconhecido o mérito da dedicação a uma carreira, de ter vencido nela e de ter vencido o preconceito. O aeroporto da Madeira chama-se agora Cristiano Ronaldo.

Mais do que uma homenagem, esta decisão corajosa do Governo Regional da Madeira, é o reconhecimento por tudo o que Cristiano tem dado a um arquipélago que muito pouco lhe deu, pouco mais que o berço. Outros o acolheram, o acarinharam, o moldaram, o tornaram seu e o fizeram homem e futebolista dos melhores de todos os tempos.

Lá do alto onde por mérito próprio chegou, o estatuto de melhor permitiu-lhe com toda a frontalidade tratar os hipócritas por nome próprio. Naquele aeroporto, por breves instantes, gente houve que se ali à mão tivesse um buraco, rapidamente se escapulia por ele. Sincero e intelectualmente honesto, não se esperaria outra coisa de alguém que conviveu e aprendeu com os melhores. Àqueles que por mesquinho preconceito estiveram contra esta justa honraria, proponho um jogo simples: Desloquem-se ali ao lado, às Canárias que é o “estrangeiro” mais próximo, e perguntem o nome de um madeirense que não seja Cristiano Ronaldo.

Siiiiiii…

 

Também aqui.

Há quem não perceba a Liberdade

«Será que os membros do Conselho de Disciplina sabem em que País vivem?

Será que eles (ou elas) já nasceram depois do 25 de Abril e ninguém lhes explicou que em Portugal houve, há 43 anos, um Movimento que derrubou o fascismo e o colonialismo e abriu as portas à Liberdade? E que dessa Liberdade, é bom acentuá-lo, pois há quem não perceba, faz parte a capacidade de todos e de cada um expressarem a sua opinião, de forma livre e aberta, desde que não coloquem em causa a Liberdade dos outros? Parece que não, que há quem não saiba isso ou, pelo menos, o queira ignorar.»

 
Vasco Lourenço, capitão de Abril e membro do Conselho Leonino, hoje no Record

Entre os mais comentados

Em 23 destaques feitos pelo Sapo em Março, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, És a Nossa Fé recebeu 18 menções ao longo do mês.

 

Os textos foram estes, por ordem cronológica:

Vale tudo na boatovisão (18) (46 comentários)

A moral do mural (54 comentários)

Rescaldo do jogo de hoje (60 comentários)

Alguém sabe o número dele? (54 comentários)

As alcoviteiras (52 comentários)

Este Bryan não merece ser titular (56 comentários)

Lembrar os confrontos com o Borussia (82 comentários)

Prioridade absoluta (50 comentários)

O que disse Bruno de Carvalho (52 comentários) 

O "fim" de Peter (61 comentários)

Repararam? (60 comentários)

Pérolas de Rui Oliveira e Costa (29) (58 comentários)

Arbitragens antes e depois (44 comentários)

O desespero (50 comentários)

Os calabotes (47 comentários)

Cotovelite (90 comentários)

Da necessidade de pôr fim a isto (110 comentários)

O ideal (58 comentários)

 

Com um total de 1084 comentários nestes postais.

Fica o nosso agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Os nossos comentadores merecem ser citados

«Não me peçam que torça para que o Sporting não ganhe - nem que seja ao berlinde. Nunca! Nem percebo que sportinguistas, por vezes queiram que o clube C ganhe para que o clube A não seja campeão, sem cuidarem se os interesses do Sporting (classificação no Campeonato para acesso à Champions, taças que temos mais ou menos que o clube C ou A) sejam salvaguardados. Tudo isto deveria pesar no desejo dos sportinguistas.»

JMA, neste meu texto

Pág. 8/8

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D