Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Se eu mandasse...

No que se refere a jornalistas, colunistas, paineleiros e comentadores todos temos os nossos preferidos e os nossos ódios de estimação. Se pudéssemos escolher, de certeza que colocávamos fulano no programa X e retirávamos sicrano do programa Y.

 

Tendo isso em conta, digam de vossa justiça acerca de quem acham que deveria representar-nos e quem deveria ser enviado para uma ilha longínqua.

Eu não disse?

Agora, pela pena (salvo seja) dum lampião dos quatro costados chamado João Fonseca, que assina como jornalista (?), cá vem o gajo do ACP, aquele que de forma bacoca elegeu como adversários do Sporting o Barcelona, o R. Madrid e por aí fora, esquecendo-se de primeiro ter uma equipa e condições para a manter e depois tentar ir à conquista da Europa, arrear mais uma vez no presidente do Sporting. Coitado. Anda certamente fora de horas...

Tão sportinguistas que nós somos, não é Carlinhos?

Vergonha extra, a coragem de ser lampião

vergonha.jpg

A imagem foi tirada do programa de Rui Santos, Tempo Extra, da última terça-feira, como a hora que está no écran é 02:23, seria essa hora do dia 2016.04.27... isto para os mais curiosos que queiram ir pesquisar ou ver as gravações automáticas na televisão.

Tinha sido alertado para este programa por um comentário neste post, supostamente, Rui Santos teria dito que o Benfica iria à frente com quatro pontos se...

Na verdade aquilo que Rui Santos disse no programa citado e que está aí à vista de todos é que se existisse VERDADE no nosso futebol o Sporting iria à frente com 75 pontos (na minha opinião seriam mais).

O título deste post é fácil de explicar, cumprem-se hoje, precisamente, quatro anos que jpt nos disse o que é um lampião, um bandido e um ladrão do nordeste brasileiro... pouco amigo da verdade, acrescento eu.

Os jarretas (39)

 

- Começa a ficar calor.

- É verdade.

- Mas tu pareces andar com frio. Vejo-te com dois cachecóis...

- Não tem nada a ver com a temperatura ambiente. E não trago dois cachecóis: trago três. Tem a ver com o clássico do próximo sábado.

- Ah, muito bem. Vais também lá ao Dragão?

- Vou. Este jogo significa muito para mim. É o jogo que vai decidir tudo.

- Pois vai. Temos dois terços do País contra nós. Andrades e lampiões estão unidos como nunca a torcer para que o Sporting se enterre lá e diga mesmo adeus ao título. Não leste o artigo do portista Sousa Tavares, já a atribuir as faixas antecipadas ao Benfica, como se o Vitória de Guimarães e o Marítimo e o Nacional nem sequer existissem?

- Sim, li. Por acaso achei o artigo muito interessante.

- Vejo-te com pouca confiança. Que se passa? Já não acreditas?

- Não, pelo contrário. Acredito muito. E vou puxar ao máximo pela equipa, nem que fique afónico durante toda a semana que vem.

- Mas olha lá: o terceiro cachecol que aí tens, debaixo dos outros dois, não é azul e branco?

- É, pá. Mas não digas a ninguém. Vou incógnito ao Dragão.

- Vais incógnito?!

- Sim. Como adepto portista na clandestinidade. Com dois cachecóis do Sporting a tapar o do Porto. Tiro o primeiro depois de passar por Coimbra e o segundo vai para o porta-luvas assim que atravessar o Douro e sentir enfim aqueles belos ares do Norte. Vou puxar pelo FCP. Até já ando a aprender o hino deles. [Trauteia, muito desafinado] «Oh, campeão, o teu passado / É um livro de honra de vitórias sem igual / O teu brasão abençoado / Tem no teu Porto mais um arco triunfal...»

- Não me digas uma coisa dessas! Tu agora, com essa idade, viraste tripeiro? Nunca te imaginei na mesma trincheira do Pinto da Costa... Mas ainda agora dizias que o clássico vai ser decisivo!

- Vai ser, claro. Decisivo para correr com o Bruno do Sporting. Esse deve ser o objectivo supremo de todos os verdadeiros sportinguistas, aqueles que a todo o instante sentem o clube a vibrar nas veias e no coração, como acontece comigo.

- Correr com o Bruno?!

- Sim. Para que ele seja corrido o Sporting tem de perder tudo, não percebes? O meu campeonato é este. Ainda não tinhas entendido, meu grande morcão? Anda daí: vamos comer uma francesinha.

Mais notícias de última hora

- Sporting condenado a pagar a totalidade da dívida portuguesa (pública e privada).

 

- Doyen pede penhora da segunda circular para garantir pagamento do Sporting.

 

- Roupeiro Paulinho contratado pelo Futebol Clube do Porto.

 

- Viúva de Yazalde reclama dívida pendente desde 1974.

 

- Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol condena Sporting a pagar ao Benfica por motivo de danos morais resultantes da tentativa de ficar com Eusébio como seu jogador em 1960.

 

- Ucrânia reclama indemnização do Sporting pelo desastre de Chernobil em 1986.

 

- Justiça americana descobre que Bruno de Carvalho é o verdadeiro assassino do Presidente Kennedy.

 

(para a semana, se for preciso, há mais)

Sporting na frente

 

 

Quantas mas quantas e quantas vezes não se ouviram circunspectos adeptos, sócios, diretores, comentadores, visionários, agentes e gente e da bola em geral afirmar que um Sporting forte fazia falta? Escusam de contar. Foram tantas as vezes que até entrou no discurso correto politicamente. Ah e tal, sim senhor, o Sporting faz falta ao futebol português. Ah, pois claro, o Sporting tem que regressar ao que era. Sim, sim, é preciso o Sporting a disputar títulos. Vai-se a ver e esta época destapou as reais intenções deste comentariado. Afinal, o que fazia falta era fazer do forte Sporting fraco clube, mantendo-o em letargia permanente. Nas vésperas do importante clássico no Dragão, multiplicam-se as notícias já plantadas e em pleno florescimento. Ele é Doyen. Ele é indemnizações a antigos diretores. Ele é indemnizações ao Benfica. Ele é Jesus de saída. Ele é penhoras. Ele é o que mais se houvera de inventar. Eu até ajudo com mais umas ideias: o pavilhão está em risco e não será concluído e as modalidades vão todas acabar. É que quantas mais notícias, mais se percebe que um Sporting na frente incomoda muita gente.

Milhões

Admito que mais cedo ou mais tarde, o Sporting terá que pagar à Doyen. Por muito perversos que os fundos sejam (nunca é de mais recordar que são proibidos na terra do melhor campeonato do mundo), o Sporting terá que ser cumpridor. Mas confesso acreditar que, economicamente, a época começará bem. Teremos a receber cerca de 12 milhões de euros pela entrada na Champions League. E iremos fazer bons negócios neste verão. Acredito que Patrício, Adrien ou Ruiz se mantenham mas creio que o destino de William, João Mário e Slimani seja a saída, a troco de muitos milhões.

Cansado e lesionado, William tardou a encontrar o seu ritmo. Arrisco-me a dizer que só agora, no fim do campeonato é que começa a estar ao seu nível. Ao Sporting teria dado jeito que Sir William tivesse aparecido mais cedo mas ainda é bem-vindo. A questão é que depois do brilharete no Euro sub-21, pode fazer o mesmo em França e tornar-se ainda mais apetecível. Pessoalmente penso que ficava bem no meio-campo do Real Madrid formando um triângulo com Kroos e Modric mas Arsenal, Manchester United ou Liverpool também ganhariam com a presença do médio. Não sei se receberemos os 45 milhões mas uma verba entre os 30 e os 35 milhões seria um belo negócio.

João Mário é um tipo discreto mas é provavelmente o melhor jogador português a jogar na nossa liga. É eficaz a 6, a 8, a falso extremo e principalmente como 10. Com margem de progressão pode jogar em qualquer equipa. Vejo-o a assentar como uma luva no Atlético de Simeone e não me admiraria que fosse pautar o perdido meio-campo do United. Vale entre 30 e 35 milhões e depois do Euro 2016 que acredito que não lhe faltarão pretendentes.

Por fim, Slimani. Um avançado que marca 30 golos tem sempre mercado. O argelino evolui muito com Jesus e está no ponto para dar o salto. Com algumas limitações técnicas não irá para o Barcelona ou Real Madrid mas será perfeito para ligas mais físicas como a alemã ou a  inglesa. O Leicester, que deve perder Vardy, será o principal interessado no concurso do camisola 9. Custou 300 mil euros e com os cofres de todos os clubes ingleses bem cheios, pode render…cerca de 30 milhões.

A estes negócios previsíveis, juntam-se Naldo, Ewerton, Aquilani ou Barcos que podem render uns trocos. O saldo parece-me positivo. Nada devemos temer.

Os melhores golos do Sporting (61)

Golo de OCEANO CRUZ

Sporting-Penafiel, Campeonato Nacional, jornada 29

12 de Março de 1989, Estádio José Alvalade

 

Golo 61 e homenagem a um jogador que foi projectado em 1961, Oceano nasceria em 29 de Julho de 1962.

Foi jogador do Sporting durante onze épocas tendo realizado mais de quatro centenas de jogos com o leão rampante a embelezar-lhe a camisola.

O golo que escolhi é o terceiro golo do Sporting num jogo que terminaria 4-1, curiosamente, o Sporting esteve a perder 0-1, num excelente golo de Amâncio (seria o segundo melhor marcador do campeonato atrás dum tal Vata cuja especialidade era marcar golos com a mão).

No resumo do jogo temos, ainda, a oportunidade de ver uma grande jogada de Douglas que arranca  atrás da linha que divide o campo, sempre com a bola controlada, parte em direcção à baliza e remata para uma excelente defesa do guarda-redes que viera das terras banhadas pelo Cavalum e pelo Sousa. Neste resumo (3'48") podemos ver uma jogada do mesmo género de Oceano mas que acaba em golo, um excelente golo.

Oceano que foi 4 mas, também, foi 7 um verdadeiro OCR7 (O de Oceano e CR de Cruz).

Termino com duas notas que ficarão ligadas à carreira de Oceano que não era conhecido por ser um grande goleador, foi dele o último golo no antigo estádio de Atocha num desafio em que a Real Sociedad de Oceano e Carlos Xavier derrotou o Tenerife por 3-1 tendo Oceano apontado dois golos, a partida disputou-se em 13 de Junho de 1993, depois Oceano regressou ao Sporting onde jogaria por mais quatro épocas para terminar a carreira em 1998/1999 no Toulose (França) com 35/36 anos Oceano ainda marcaria nessa época seis golos, tendo sido considerado o melhor jogador da equipa.

Oceano Andrade da Cruz, um exemplo vivo de sportinguismo.

Bruno de Carvalho de novo ultrapassado

Numa altura em que Suk está prestes a mudar-se para o Real Madrid e Marega para o Barcelona, o FCP continua a superar o Sporting na contratação de grandes craques, pondo a nu as fragilidades da estrutura sportinguista e a falta de tarimba do seu presidente. Léo Bonatini prepara-se para vestir à Porto, avança a TSF. Como sobreviver a este golpe, que retira toda a moral ao Sporting, nas vésperas de ir ao Dragão?

{ Blogue fundado em 2012. }

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D