Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Notícias sobre coisa nenhuma

Sempre aprendi, entre os rudimentos da técnica jornalística, que devemos evitar a expressão das notícias pela negativa. Notícia é se o barco naufraga ou o comboio descarrila. Viagem tranquila e ronceira sobre águas plácidas, sem sombra de naufrágio, ou desenrolada na solidez dos carris, sem rasto de descarrilamento, não é notícia.

Mas esta regra de ouro, ao que parece, passou de moda.

Acabo de ouvir dois ofegantes repórteres televisivos em directos de nulo valor informativo, gritando junto ao estádio do Sporting como se estivessem a comunicar com surdos cá do rectângulo desde os confins da Patagónia: «Não há incidentes dignos de registo durante a aproximação dos adeptos do Benfica ao estádio»; «Não houve nenhum problema»; «Os autocarros puderam chegar sem nenhum problema, sem nenhum incidente».

Não, não e não. Não há pachorra, meus senhores.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D