Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

É bom!

Foi o jogo que fechou a 24.ª jornada da I Liga, nesta segunda-feira, e foi um dos melhores da I Liga na presente época. O duelo entre Sporting de Braga e Sporting terminou com vitória leonina por 2-3.

 

É bom, uma pessoa ligar-se à internet, a mais de dois mil quilómetros de casa, procurar notícias sobre este jogo e deparar com palavras destas.

 

É bom! É muito bom!

 

Obrigada, Sporting!

Embaraçante

Definitivamente Dias Ferreira é um péssimo representante do Sporting.

Nas únicas eleições em que Dias Ferreira se incomodou em ir a votos, foi esmagadoramente rejeitado, e não mais serviu do que "comic relief" com a inaudita e célebre conferência de Futre - ninguém o levou a sério. Nestas inventou uma cabala para o impedir de concorrer - ninguém o leva a sério.

Na verdade ele tem sido tratado como um cromo, capaz de atrair audiências televisivas pela sua excentricidade, e o pior é que desempenha tal papel na perfeição, com os seus destemperos emocionais e as suas inflamações verbais por dá cá aquela palha, ao passo que na hora de dizer aquilo que diz que sabe, remete-se ao "agarra-me que eu mato". Há quantos anos vai Dias Ferreira à televisão falar e quantas revelações bombásticas já fez? Zero. "Sigilo profissional" alega ele amiúde, mas então a questão é ética: estará ali para angariar clientela como jurista na especialidade do direito desportivo? Curioso verificar que noutro canal anda outro dito representante do Sporting a "vender" sem rebuço os seus estudos de mercado, não tendo recentemente dispensado comentar umas eleições durante as quais vendeu audiências a uma das partes (erradas, como se veio a verificar...) 

Não é lisonjeiro para o Sporting ter tais maduros a falar por ele, é equívoco, muito pouco transparente, mesmo degradante. Em nome da decência, mudem, por favor - os sportinguistas agradecem.

Duas ou três coisas, professor Jesualdo

Extraordinária vitória do Sporting! Há tanto tempo que não tínhamos esta imensa alegria! É verdade que a vitória é a vitória de Jesualdo Ferreira e dos jogadores. Nada a dizer: só elogiar as ganas. Mas já que estamos a falar disso, apetece-me dizer aqui duas ou três coisas do jogo de ontem. Primeiro: não me lembro de ver nos tempos recentes um presidente do Sporting sentado no banco de suplentes. Eu não me lembro e estes jogadores de certeza que também não. Jesualdo Ferreira disse que sim, que já esteve com vários noutros clubes, e desvalorizou. Fez mal. Se a presença do presidente no banco de suplentes é um facto novo para o Sporting tem de ser valorizado pelo treinador. Esteja habituado ou não: isto é o presente do Sporting, não são as «memórias» de Jesualdo. Segundo: o facto de Jesualdo Ferreira não ter dado conta que estava ali o presidente não deve ser excessivamente dramatizado. É provável que estivesse simplesmente a tirar carga emotiva à situação e a enquadrar a presença do presidente numa certa normalidade. De acordo: mas não se confunda o Bruno com o presidente. O tempo do bananal ficou para trás. Terceiro: eu achei curioso que Jesualdo Ferreira tivesse aberto a conferência de imprensa com tantos elogios aos adeptos do Braga. Gostei e gostei de vê-lo a incentivar os jogadores do Braga a continuarem a acreditar no acesso à Liga dos Campeões. Eu gostei: esteja ele onde estiver na próxima época. E o Peseiro, terá gostado?

 

Não havia necessidade…

Raramente vejo programas onde diversos comentadores do Sporting, Porto e Benfica vão debitando (boas e más!!) opiniões. Seja em que canal for…

Todavia ontem à noite, após a saborosíssima vitória sobre o Braga, andei a palmilhar canais para ver os golos. E dei com o programa da SIC “O dia Seguinte”. A primeira imagem que retenho é a do representante do clube de Carnide a falar sobre a problemática da continuação ou não, de Jorge Jesus como treinador dos encarnados e o doutor Dias Ferreira de costas para aquele comentador abanando a cabeça de forma negativa. Fiquei portanto a ver!

Em primeiro lugar não gostei da pose do representante do Sporting. Ele ao estar ali, deve-o fazer com a cidadania e urbanidade que a educação lhe confere. Não gosta do seu companheiro do lado (eu sei que não!!!), pede para trocar de lugar com outro comentador ou então solicita escusa de representar o Sporting.

Mas aquela atitude em directo abandonando o programa, faltando ao respeito ao moderador, aos outros comentadores e acima de tudo aos sportinguistas é que não é apanágio do nosso clube, nem dos nossos adeptos. Eu jamais o teria feito! Mesmo que tivesse muita razão!

Não é assim que se defende o Sporting, não é assim que mostramos o nível a que sempre temos pautado, não é assim que se deve estar em sociedade.

Todos sabemos como é do Doutor Dias Ferreira… Um fundamentalista pelo Sporting. Mas nem sempre se pode colocar o clubismo exacerbado à frente da razão. Com evidentes prejuízos!

Por isso digo simplesmente: não havia necessidade!

 

Também publicado aqui

Rescaldo do jogo de ontem

Gostei

 

Da vitória. Foi a sétima da temporada no campeonato. E a que me soube melhor. Contra um Braga que vinha de três vitórias consecutivas e tinha mais 16 pontos.

 

Dos três golos de Wolfswinkel. E ainda mandou um petardo à barra da baliza bracarense. Cada vez mais me questiono como foi possível vender este jogador à pressa, a escassos dias de eleições cruciais no Sporting, sob o pretexto de que isso seria fundamental para assegurar o pagamento de salários.

 

Dos três passes que deram origem aos golos. Três grandes passes. O primeiro de André Martins (que excelente primeira parte!). O segundo de Capel, com precisão cirúrgica. O terceiro de Cédric, que já tinha lançado André pelo corredor direito no primeiro golo. 

 

De termos ganho mesmo em inferioridade numérica. A injusta expulsão de Joãozinho, ao contrário do que sucederia noutros tempos, não desmoralizou a equipa - antes pelo contrário.

 

De termos ganho com tantos portugueses. Hoje jogaram sete.

 

De ver o Sporting mais perto da Europa. A vitória em Braga fez-nos subir dois lugares na classificação. Estamos agora a três pontos de um lugar de acesso às próximas competições europeias.

 

De ver Bruno de Carvalho no banco leonino. O novo presidente sportinguista gosta de estar perto da equipa - e mostrou isso sem qualquer esforço, dando motivação extra aos jogadores.

 

Da sorte. Que hoje nos sorriu nesta noite chuvosa em Braga. Andava há muito ausente do Sporting e parece ter regressado enfim.

 

 

Não gostei

 

Da falta sobre Capel na grande área bracarense que o árbitro não quis sancionar. Era penálti, sem sombra de dúvida. Só Jorge Sousa fez questão de não ver.

 

Da expulsão de Joãozinho. Recebeu um segundo cartão amarelo por uma simulação que as imagens não comprovam. Se a ideia era quebrar animicamente o Sporting, quem a teve enganou-se. Há males que vêm por bem.

A democracia revisitada por Oliveira e Costa

«Com a antiga ponderação de votos, a lista B [de Bruno de Carvalho] teria 51,9% e a lista C [de José Couceiro] teria 48,1%.»

 

«Em todas as mesas até aos 25 anos de sócio ganhou a lista B, em todas as outras ganhou a lista C.»

 

«É preocupante a divisão da massa associativa do Sporting.»

 

«Eu disse que votaria em branco para o Conselho Leonino. De facto, 28,8% dos votos para o Conselho Leonino foram em branco.»

 

Rui Oliveira e Costa, há pouco, no Trio d' Ataque da RTP i.

Pág. 13/13

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D