Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Braga líder?

À semelhança do que o Pedro sublinhou aqui em baixo, a propósito de outro jogo, também acho que esta noite o FCP ganhou um ponto contra o Paços de Ferreira de Henrique Calisto. O Braga pode amanhã à noite passar para a liderança, mas para isso tem de ganhar à Académica de Pedro Emanuel, futuro treinador do... FCP. Está divertido este campeonato e cheira-me que o Sporting ainda vai ter uma palavra a dizer na atribuição do título, mesmo estando mais apostado da final da Taça de Portugal e na Liga Europa.

Mais minutos!

Classe, talento e arte. Não desaproveitem este miúdo. Dêem-lhe mais e melhores minutos. Cada que vez que o André Martins tem a bola sinto que algo mágico pode acontecer. Imediatamente sinto um formigueiro que me entusiasma. Quantos jogadores têm esta capacidade?

 

Pablito é um injustiçado

Deixo toda a minha solidariedade a Pablo Aimar, que se arrisca a falhar a visita a Alvalade devido ao cartão vermelho que recebeu esta sexta-feira. Não fez mais do que os colegas Maxi Pereira e Javi Garcia praticam sobre os adversários em todos os jogos do Benfica, com escassa ou nenhuma consequência para o uruguaio e o espanhol.

Perceber Barcelos

Tenho praticamente todos os Domingos vontade de soltar o Otelo que há em mim. Começo por não perceber como é que aquele animal de preto que apitou em Barcelos saiu dali sem um arranhão. Isto nunca foi lá com "lutos", "indignações" ou "participações à Liga, à FPF ou ao governo". Nunca foi, nem irá. É preciso partir de vez esta badalhoquice em que se tornou o campeonato. Jesus, um gajo de que eu não desgosto embora treine um clube de carnide, disse ontem uma grande verdade: "O Sporting pode ser decisivo no título". Tem toda a razão. Não só pode, como vai. A partir daqui não é difícil perceber Barcelos.

O mundo está perigoso!!!

O pai de uma criança de quatro anos apresentou queixa no Ministério da Educação contra um jardim de infância da Ericeira porque uma educadora alterou o final da música infantil "atirei o pau ao gato", cantando no final "batata frita / viva o Benfica".

 

Por causa dessas e de outras falcatruas eu já pensei instruir os meus filhos em casa até aos secundário, mas diz que é ilegal. 

 

Notícia DN

Isto anda tudo ligado

"Após 23 jornadas, o Sporting lidera o mapa de castigos da Liga, com um registo de 96 infracções (e número correspondente de multas), mais do que V. Setúbal (90), Académica e FC Porto (ambos 89), e mais ainda do que Benfica (86), Paços de Ferreira e V. Guimarães (85 cada)."

Notícia do Record de ontem

Gostava de ter visto um título destes cá

 

Eis uma manchete que diz tudo. Manchete do jornal Marca, campeão de vendas da imprensa diária espanhola, em crítica frontal à arbitragem do jogo Villareal-Real Madrid, que terminou empatado e com três jogadores madridistas expulsos. Gostaria de ter visto uma manchete destas por cá na terça-feira, dia seguinte ao Gil Vicente-Sporting, jogo também estragado por uma arbitragem escandalosa.

Dêem lá um rebuçado ao homem…

 

Posso estar enganado, e se estiver, agradeço que me corrijam, mas a decisão de fusão decidida pelos conselhos de administração da Sporting SAD e Sporting Património e Marketing são actos de gestão normais que, ao que parece, terão até vantagens recíprocas e de contenção de custos.

Foi por isso com alguma surpresa (ou talvez não) que ouvi o inefável Bruno de Carvalho dizer que com esta medida, a actual Direcção está a tentar “fazer passar os sportinguistas por parvos” e “burros”. O chapéu serve a quem o coloca, como se costuma dizer, e não me sinto diferente por causa disto. Se o candidato derrotado se sente, então será um problema dele, não?

Bruno de Carvalho vai mais longe e pede uma Assembleia Geral extraordinária. Por mim fazia-lhe a vontade. Já são tantas as alarvidades ditas por este senhor cujo ego do tamanho do mundo o impede de perceber que a maioria dos sportinguistas não o escolheu para presidente que é altura de lhe mostrar que o Sporting não está com ele. Na Assembleia Geral até pode ser uma boa altura…

Não esperava isto

Para quem "nunca seria ouvido a falar do Sporting" depois de sair da equipa, aguentou pouco tempo o silêncio. Domingos Paciência queixa-se de ser permitido a Sá Pinto o que não lhe foi permitido a ele, dizendo que saiu porque o 4º lugar não era suficiente.

E não era. Mas a posição que o Sporting actualmente ocupa não foi atingida com os resultados das últimas 4 jornadas. É o somatório de quase 20 jornadas sob a orientação de Domingos. Os pontos que o Sporting não tem foram maioritariamente perdidos sob a tutela de Domingos, jornada após jornada.

Fica-lhe por isso muito mal aparecer agora a fazer de vítima. Fiquei muito contente e orgulhosa com a sua contratação, sempre o defendi e fiquei aborrecida e desiludida quando saiu. Não esperava isto.

Paixão por Bruno

Bruno Paixão encontrou enfim um advogado de defesa: o presidente do Gil Vicente acaba de enaltecer a "excelente arbitragem" ocorrida no jogo de segunda-feira, em que o Sporting foi escandalosamente espoliado.

Reconheça-se: António Fiúza tem o mérito de se mostrar grato a quem o beneficia. Ao menos este atributo temos de reconhecer a quem, com a mesmíssima lógica com que agora elogia o pior árbitro português, ainda há pouco tecia loas ao absurdo alargamento do número de clubes na Liga - que felizmente não se concretizará - como uma "grande vitória" do desporto-rei. E sugeria até que os "grandes" fossem "competir para Marrocos", o que diz muito sobre o que vai naquela cabeça.

Esta paixão dupla de Fiúza - por Bruno e pelo alargamento - é muito esclarecedora. Ao ponto de me apetecer até citar Gil Vicente, o verdadeiro. Aquele que pela boca do Joane se exprime de forma tão expressiva no Auto da Barca do Inferno. Não fala de futebol, mas está lá quase tudo quanto Fiúza merece escutar depois de se ter pronunciado como pronunciou.

Factos, factos factos

 

Os árbitros João Ferreira, Paulo Baptista e Rui Patrício começaram por perder pontos nas respectivas classificações por decisão dos órgãos disciplinares da Federação Portuguesa de Futebol. É assim que as coisas acontecem nos Estados de Direito: as leis são aplicadas para garantir o bem comum. Depois, durante uma sessão de treinos realizada no Luso, sob coordenação do presidente da comissão de arbitragem Vítor Pereira (daqui a umas linhas vou abrir a discussão para outra designação), os outros árbitros desta família permitiram que os castigados obtivessem os melhores resultados para readquirirem por consanguinidade os pontos perdidos disciplinarmente. Dito de forma mais simples: correram devagar para os castigados serem bonificados. Isto tem um nome, não tem? Como parece que estamos entendidos sobre a categoria ética e moral destes árbitros honestos, competentes e internacionais, continuo, estes árbitros honestos, competentes e internacionais comportaram-se como um grupo coeso e fechado. Uniram-se para subverter a verdade e o rigor. Colocaram acima da lei os seus valores particulares. Os valores do seu grupo. Os valores da sua família. Eu sei o que estou a descrever. Estou a descrever um pequeno grupo que pode sozinho subverter as regras do Estado de Direito em prol de interesses particulares. Estes árbitros honestos, competentes e internacionais têm códigos de honra próprios. Têm valores comuns que são apenas seus. Têm poder para agir de forma concertada em favor dos seus. Se Vítor Pereira for apenas o presidente da comissão de arbitragem, então Vítor Pereira presidente da comissão de arbitragem tem de explicar em público (pode ser com a mesma determinação com que respondeu ao apelo do Benfica para falar dos erros de arbitragem) o que se passou no Luso e Vítor Pereira presidente da comissão de arbitragem tem também de responsabilizar estes árbitros pelo seu comportamento grupal. Se isto não tiver um esclarecimento digno e democrático, fica tudo dito sobre os árbitros honestos, competentes e internacionais que andam por aí ajuramentados por valores particulares. Sim, estes árbitros honestos, competentes e internacionais podem desfazer o Sporting tal como estão a desfazer. Eles estão a desfazer-nos e nós preocupados com as putas das criancinhas.

{ Blogue fundado em 2012. }

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D