Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Eles fazem tudo para eu perceber os lampiões que lhes partem dentes.

Tal como um gajo orelhudo disse há uns dias, não vou falar de arbitragens. Eu, por outro lado, vou cumprir isso: limitar-me-ei a escrever.

 

Em 9 de Janeiro de 2011, escrevi noutro poiso que Bruno Paixão era o pior árbitro português. E voltei a mencioná-lo noutra ocasião, já esta época.

 

Como é uma pessoa consistente, continua o pior árbitro português. Mas, e para antecipar futuros posts (todos sabemos que isto vai voltar a acontecer), aviso já aqui que o Duarte Gomes não anda longe. Dele já escrevi aqui e aqui.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D