Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

Da actuação de Rui Patrício. Demonstrou excelentes reflexos e uma enorme concentração ao defender um potente remate de Tiago Gomes, aos 21', na marcação de um livre directo que levava selo de golo. Impediu também o golo aos 89' com outra grande defesa. Permanece há 585 minutos com as redes invioladas.

 

Da defesa do Sporting. Foi de novo uma fortaleza. Sólida, sábia, segura. Há sete jogos que o nosso clube não sofre um golo. Voltou a acontecer hoje, no empate a zero no estádio do Estoril, que registou a maior enchente da época: mais de cinco mil espectadores.

 

Da exibição de André Martins. Esteve sempre em alta rotação, dando combate permanente ao meio-campo estorilista. É um dos símbolos mais evidentes deste Sporting renovado que está a deslumbrar público e crítica no campeonato 2013/14.

 

De William Carvalho. O melhor jogador da Liga, cobiçado por Manchester United e Arsenal, voltou a dar nas vistas. Ninguém passa por ele: desarma o adversário com lances de pura classe. Está em excelente forma, revelando uma impressionante condição física.

 

De Wilson Eduardo. Muito activo na ala direita, combinando sempre muito bem com Cédric. Foi dele o primeiro sinal de perigo do Sporting neste encontro contra o Estoril, num remate aos 16', a passe de André Martins. Foi neste corredor que partiram quase sempre as jogadas mais consistentes do ataque leonino.

 

Das substituições feitas por Leonardo Jardim na segunda parte. Com Capel e Slimani em campo, o Sporting alargou a frente de ataque e tornou-se uma equipa ainda mais acutilante e mais perigosa. Só faltou o golo para coroar a boa exibição leonina.

 

Da comparação deste resultado com o da época anterior. Na Liga 2012/13, o Sporting foi derrotado por 1-3 no estádio António Coimbra da Mota.

 

De ver o Sporting provisoriamente na liderança do campeonato. 34 pontos, ao terminar a primeira volta. Esperemos agora pelo resultado do Benfica-FC Porto de amanhã.

 

 

Não gostei

 

De ver desrespeitado o minuto de silêncio por Eusébio. Um dos maiores jogadores de sempre do futebol português merecia o tributo simbólico das bancadas da Amoreira. Infelizmente o tempo é mais propício à javardice. Vítor Damas, um grande símbolo do Sporting que também já não se encontra entre nós, foi adversário leal e um bom amigo de Eusébio. Tenho a certeza de que seria o primeiro a deplorar esta inaceitável atitude de adeptos incapazes de reconhecer mérito em figuras de outros clubes e de respeitar a memória de quem partiu.

 

Da apatia de Carrillo. O peruano figurou de início como titular na ala esquerda. Mas foi demasiado apático. Faltou-lhe vontade de ir à luta.

 

Da falta de manobra de Montero. O colombiano viu muito limitado o seu raio de acção, sempre muito tapado pela defesa adversária, sem espaço para desequilíbrios na grande área do Estoril.

 

Da ausência de Jefferson, por castigo. Piris, que não jogava há dois meses, actuou no eixo esquerdo da defesa. Mas foi muito menos dinâmico do que o brasileiro nas acções ofensivas.

 

Do cartão amarelo a Cédric. O defesa direito, titular indiscutível do Sporting na Liga 2013/14, não jogará em Arouca, no primeiro jogo da segunda volta do campeonato.

36 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D