Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

Do jogo. Partida aberta, emotiva, bem disputada. Sem o árbitro a estragar. Jogou-se à inglesa, proporcionando um bom espectáculo em Alvalade. Só faltaram os golos.

 

Da superioridade do Sporting. A nossa equipa foi claramente a melhor em campo, revelando-se três vezes mais rematadora do que a turma rival: o FC Porto viu-se manietado nas suas acções ofensivas pela eficácia da "muralha" leonina. Dominámos em velocidade, em maturidade táctica, em qualidade técnica, em níveis de concentração competitiva. Se não fosse a grande exibição do seu guarda-redes - de longe o melhor jogador portista - a equipa comandada por Paulo Fonseca teria saído claramente batida de Alvalade.

 

Da forma como este desafio foi encarado. Houve quem vaticinasse que este clássico, inserido na Taça da Liga, seria uma partida de "segundas linhas". Vaticínio falhado: nem FCP nem Sporting descuraram a estrutura habitual das equipas apesar de se tratar de uma prova secundária.

 

Das apostas de Leonardo Jardim. O técnico leonino optou por Marcelo Boeck a guarda-redes, Eric Dier em vez de Maurício no eixo central da defesa e Slimani como ponta-de-lança titular. Todos mereceram esta convocatória - incluindo o guardião brasileiro, que só foi chamado uma vez a intervir e teve uma noite muito mais tranquila do que Fabiano, hoje titular da baliza portista.

 

De Adrien. Voltou a ser um gigante em campo, comandando o processo ofensivo dos leões. Pressiona muito bem, recupera inúmeras bolas, tem um notável sentido posicional e uma extraordinária precisão de passe. Paulo Bento terá de contar com ele no Mundial do Brasil.

 

De William Carvalho. Conseguiu banalizar os atacantes portistas, como Carlos Eduardo, com a sua já habitual mestria em campo. Fundamental não só nas acções defensivas mas também na construção de jogadas ofensivas com os seus passes longos, em linha recta, que começam a tornar-se imagem de marca deste Sporting que exibe o melhor futebol da temporada oficial 2013/14.

 

De Cédric. Soube desequilibrar na sua ala, ganhando sucessivos confrontos com Varela. Os seus cruzamentos levam sempre o sinal de perigo. Esteve quase a marcar, com um disparo fulminante aos 74' que Fabiano desviou a custo para canto. Vice-campeão mundial de sub-20, tem um lugar à espera dele como defesa direito da selecção nacional.

 

Do nosso meio-campo. Adrien, André Martins e William formam um trio de luxo - em permanente rotação, jogando sempre em alta velocidade, exercendo pressão alta sobre as equipas adversárias. Hoje, uma vez mais, deu gosto vê-los jogar o tempo todo.

 

Da organização defensiva do Sporting. Mais um jogo sem sofrermos golos - o sexto consecutivo. Ninguém voltou a falar em crise da defesa leonina.

 

Da entrada de Carrillo. Substituiu Capel aos 67', tendo sido responsável pela melhor jogada deste desafio, aos 74', com um estonteante slalom pela ala esquerda culminado numa série de três remates muito bem defendidos por Fabiano. Pouco depois fez um excelente passe para Vítor, que desperdiçou.

 

 

Não gostei

 

Do nulo final. Uma partida tão bem disputada não merecia ter terminado com um empate a zero.

 

Das flagrantes oportunidades de golo perdidas. Uma por Wilson Eduardo, aos 22', na sequência de um grande passe de William Carvalho. Duas por Vítor, aos 81' e aos 90'.

 

Da fraca assistência. Um clássico como este merecia mais do que os 21 mil espectadores presentes nas bancadas de Alvalade. Culpa da Liga, que marcou o jogo para as 20.45 de um domingo de Inverno. Quem esperam atrair com estes horários tão absurdos?

18 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D