Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Os nossos jogadores (11): Cédric Soares

 

Há cerca de um ano escrevia isto sobre Cédric Soares, um jogador então periclitante (tal como a maioria da equipa nessa altura) e que não justificava a opção pelo seu regresso a Alvalade após a época em Coimbra no ano de 2011/2012:

Outro ponto que me agradou foi o facto de Vercauteren ter dado conta das insuficiências do nosso lateral-direito, Cédric. Apesar de acreditar que pode vir a ser um bom lateral no futuro, Cédric tem estado uns furos abaixo daquilo que se esperava. Este não é o "Cédric da Académica" ou pelo menos, não tem sido. Talvez a pressão de jogar num grande e o mau momento da equipa estejam a pesar demasiado sobre os ombros do nosso jovem jogador. Retirá-lo nesta fase da equipa titular pode ser bom para que não comece a acumular erros fatais atrás de erros. E ao que parece, o treinador já deu conta disso, pelo menos é a leitura que faço da inclusão de Eric Dier, defesa direito da equipa B, na convocatória para o jogo contra o Braga.

A minha desconfiança na escolha de Cédric para o corredor direito não era nova, já no início da época transacta - a 18 de Agosto de 2012 - afirmava estar de pé atrás com as opções para o lugar que o jogador iria ocupar:

Por outro lado, e após ter tido como lateral-direito, João Pereira, confesso que ainda não estou completamente convencido com as soluções para este lado da defesa. Não que não veja valor em Pereirinha e sobretudo em Cédric (para mim, a primeira opção), mas ainda estou de pé atrás e receoso do que possa acontecer. 

O malfadado ano acabou e um renascido Cédric parece ter despontado às ordens de Leonardo Jardim. Defende com tino, ataca com intensidade, colabora bem com qualquer extremo que lhe calha na rifa - Wilson Eduardo, Capel ou Carrillo - e tem uma garra (aquele tributo que só o olhar de adepto consegue analisar e avaliar em condições) diferente, tendo largado uma certa atitude displicente que o caracterizava e que inúmeras vezes me irritou. Esta evolução tem sido premiada com a presença regular no onze (pese a concorrência apertada do paraguaio Piris) e o lugar na selecção está cada vez mais ao seu alcance. Atrás de João Pereira e Bosingwa, o ainda jovem leão de 22 anos é a escolha natural, só relegado para o banco ou para fora da convocatória quando a quotização dos clubes impera nas escolhas do seleccionador. Este ano já foi decisivo num jogo em que embora com o Sporting sempre por cima a mostrar a sua natural superioridade face a um adversário menor, a bola parecia não querer entrar na baliza do Braga. De fora da área, a uns 35 metros da baliza, apontou um belo golo que a escassos minutos do fim valeu 3 preciosos pontos para o Sporting. 

 

Não tenho dúvidas em afirmar que a manter-se a qualidade de jogo e a atitude em campo, este será o ano de afirmação de Cédric no Sporting, confirmando assim as boas credenciais naquele ano em que ajudou a tirar uma Taça de Portugal ao nosso clube. Quanto à Selecção, se não chegar para o Mundial do Brasil (é habitual levar apenas 2 laterais de cada lado), Cédric será sem dúvida o defesa-direito de Portugal no Euro 2016. Que assim seja para que na próxima vez que tiver de recorrer ao arquivo para ver o que já escrevi sobre ele, possa encontrar (e então confirmar!) este texto, deixando os outros nas calendas, menorizados por terem ocorrido no annus horribilis. 

1 comentário

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D