Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Os nossos jogadores (1): Diego Capel

 

 

Diego Capel é bem o tipo de jogador de futebol que eu gosto de ver no Sporting. Tal como disse há dias neste blogue, ele dá velocidade ao jogo, transmite entusiasmo aos colegas e empolga o público. Tudo isto porque reúne qualidades, psicológicas e técnicas, de carácter e de talento, que não é frequente vermos associadas num mesmo atleta.

 

É um jogador hábil, embora não excepcional deste ponto de vista, é muito rápido, a pensar e a executar, imprimindo normalmente grande rapidez aos ataques, cruza muito bem e, sobretudo, exibe um atributo que bem pode ser considerado uma sua marca distintiva, ele nunca desiste. É um gosto - que quase me cansa - ver a vontade com que corre com a bola, a aplicação, quando em atitude defensiva, com que persegue os adversários, a maneira entusiasmada e entusiasmante como festeja os golos, o modo, em suma, como se esforça por merecer cada um dos cêntimos que cada um dos sócios e o clube  lhe pagam. Diego Capel é, ainda por cima, um jogador correctíssimo, educado com os adversários e com o público, ao contrário do que a sua exuberância atlética - apesar de baixo, a energia que põe em todos os lances parece, muitas vezes, amarrotar outros aparentemente mais poderosos - poderia fazer supor.

 

Gosto mais de vê-lo jogar do lado direito, a sua capacidade de perfuração é aí, em minha opinião, mais evidente do que no lado esquerdo, embora depois, nas proximidades da linha final, tenha alguma dificuldade em concluir as jogadas. De qualquer maneira, se afinar a sua capacidade de remate, em que, é um facto, mostra algumas deficiências, poderá tornar-se um jogador temível jogando no lado direito. No jogo com o Marítimo, deu um seguro sinal disso.

 

Todas as equipas têm  jogadores que, embora reconhecidamente importantes ou, mesmo, decisivos no futebol por si praticado, são incapazes de arrastar um espectador que seja para os estádios. Só um masoquista pagaria bilhete para ver um jogador, por muito bom que seja, catalogado como carregador de piano. São jogadores como Capel, jogadores que sabem jogar à bola, que levam o público ao campo, que fazem mexer as equipas, são jogadores como Capel, que não poupam esforços, que respeitam os companheiros e as bancadas, que, não obstante muitos defeitos e carências técnicas e de outro tipo que possam apresentar, entusiasmam os adeptos e os fazem ter orgulho nos seus clubes.

 

Fica connosco muito tempo, Diego Capel, e continua a arrebatar-nos com o teu futebol! 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    João Paulo Palha 07.11.2013

    Obrigado. Toda a equipa vai certamente gostar, se tiver oportunidade de os ler, dos textos sobre os diversos jogadores que vão ser escritos pelos autores deste blogue.
    Um abraço
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D