Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Não gostei

 

Do empate. Dois pontos perdidos neste desafio em casa contra o Rio Ave.

 

Do erro grosseiro do árbitro, com possível influência no resultado. Todo o estádio de Alvalade viu o que só Carlos Xistra foi incapaz de enxergar: uma grande penalidade claríssima cometida pelo vilacondense Marcelo, que jogou a bola com a mão na sua grande área.

 

De ver a nossa equipa afrouxar a pressão após a marcação do golo. Conceder a iniciativa de jogo ao Rio Ave, pecando por falta de ritmo e de velocidade, teve o resultado que se temia na segunda parte: o golo do empate.

 

Das dificuldades em romper a barreira defensiva vilacondense. O "saca-rolhas" leonino desta vez não funcionou.

 

Do receio da equipa nos lances de bola parada ofensiva dos adversários. É um aspecto específico que necessita de ser muito bem trabalhado nas sessões de treino.

 

Da lesão de Capel. Leonardo Jardim apostou nele como titular, como vaticinei aqui, mas o andaluz abandonou o campo ainda antes do intervalo, cedendo o lugar a Carrillo.

 

Da troca de Wilson Eduardo por Rinaudo. Numa altura em que o Sporting precisava de intensificar a pressão atacante para ganhar o jogo, do banco foi transmitido um sinal equívoco à equipa. Porquê um segundo médio defensivo se não havia nenhum resultado para defender?

 

Que Montero tivesse ficado em branco. Primeiro jogo do campeonato em que a pontaria do artilheiro colombiano não produziu bons frutos. Porque desta vez a bola raramente lhe chegou em condições.

 

 

Gostei

 

Do grande golo de Wilson Eduardo. Um prodígio de técnica, num ângulo de execução muito difícil. A festa do futebol passa por isto.

 

Do excelente passe em profundidade de Jefferson para Wilson Eduardo. Começou aí a construir-se o golo leonino.

 

De mais um jogo com o Sporting a marcar. Já temos treze golos neste campeonato.

 

Que voltássemos a alinhar no onze inicial com sete jogadores formados na nossa academia. Gosto de chamar-lhes os sete magníficos: Rui Patrício, Cédric Soares, Eric Dier, William Carvalho, Adrien Silva, André Martins e Wilson Eduardo.

 

Da evolução. Se este empate soube a muito pouco, apesar de tudo foi melhor do que as três derrotas do Sporting contra o Rio Ave na época passada. O balanço continua a ser positivo.

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 22.09.2013 00:33

    A equipa está em construção, meu caro Edmundo. Todos sabemos isso: não podemos exigir mais dela, nem da equipa técnica, do que está em condições de proporcionar agora.
    É verdade que achei incompreensível aquela substituição feita por Leonardo Jardim. Que deu um incentivo suplementar ao Rio Ave num momento crucial do jogo.
    Mas os assobios aos jogadores, uma das mais tristes tradições de Alvalade, são para mim totalmente incompreensíveis. Sobretudo numa fase destas, em que estes jovens formados na nossa academia estão no início daquilo que promete ser uma longa e memorável caminhada.
    Esperemos agora que tudo melhore no jogo de Braga.

    Saudações Leoninas
  • Sem imagem de perfil

    JPT 22.09.2013 00:50

    Já vamos com duas substituições muito infelizes do Mister - com punição instantânea. Começa a parecer que lhe falta aquilo que um escocês tem debaixo das saias. Já ao Xistra (vi agora, ao chegar a casa) não falta nada. Aquele "não vi" "não vi" candidata-o a um Óscar. A isso e ao prémio combinado.
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 22.09.2013 01:00

    "não vi, não vi" é versão revista e actualizada do "limpinho, limpinho".
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo Desconhecido 22.09.2013 07:37

    Ou uma nova versão do ligeiro, tocou ligeiramente na bola...
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 22.09.2013 11:03

    E há os que se especializam em tocar 'ligeiramente' no tendão de Aquiles do adversário sem nunca verem a cartolina encarnadinha.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D